• Futebol em Rede

São Paulo DC ‘reforça’ comissão técnica e os resultados já estão aparecendo

Equipe conta, desde o começo da temporada, com o trabalho eficiente do analista de desempenho, Lucas Margarido


O São Paulo DC introduziu mais um nome importante em sua multidisciplinar comissão técnica no início da temporada de 2022 e os resultados já estão aparecendo. De acordo com o manager, Gustavo Bracco, o analista de desempenho Lucas Margarido está trabalhando satisfatoriamente com a equipe desde o começo do ano.

“O esporte de alto rendimento está cada vez mais competitivo e cheio de especificidades. E o Basquete 3x3, que está em constante crescimento, precisa seguir essa tendência. Hoje, a análise de desempenho é uma ferramenta importante para o crescimento da equipe em todos os aspectos e níveis. O Lucas Margarido vem realizando um excelente trabalho e já estamos colhendo frutos disso”, comentou Bracco.

Quando Bracco diz que já está obtendo resultados, está embasado na performance das equipes do São Paulo DC neste começo de temporada. “Fomos bicampeões dos Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s 2022) e obtivemos classificação para o Pan-americano Universitário de Lima, no Peru, que será disputado em julho. Estamos com um time novo, que começou a vencer os torneios, ou seja, sagrou-se campeão da 3ª Etapa da Liga ANB, disputada no final de semana”, complementou o manager.

A comissão técnica do São Paulo DC já contava com: Leo Willians (preparador físico), Alexandre Gaia (auxiliar técnico, professor da escolinha e técnico sub-18), Jefferson Campos (auxiliar técnico, professor da escolinha e técnico do sub-16), Tayson Nadson Oliveira (auxiliar técnico e professor do sub-16) e Roberta Ortiz (nutricionista), além do técnico e head coach Juninho Mariano.

O trabalho de Margarido presta um auxílio muito grande ao técnico do São Paulo DC, Juninho Mariano. “O meu trabalho é basicamente de análise, isso inclui tanto um resumo do jogo através dos números, quanto enxergar qual as deficiências e pontos fortes da nossa equipe. É importante falar também que quando falamos de análise, a ideia não é apenas olhar para a nossa equipe, mas para os adversários também e como podemos explorar os pontos fracos deles. Por último, também busco tendências do mundo do 3x3, principalmente das equipes europeias que estão em maior evidência nesse momento para trazer inovações ao nosso jogo”, explicou.

“Isso é muito importante para elevarmos não apenas o nível técnico/tático das nossas equipes, mas também para evoluirmos o 3x3 como um todo, tendo em vista que todas as equipes terão que elevar seu nível para nos alcançar a cada torneio”, complementou Lucas.

Para Juninho Mariano, a chegada do novo integrante da comissão técnica agregou valores importantes ao trabalho do São Paulo DC no dia-a-dia. “O impacto que o analista de desempenho Lucas Margarido trouxe ao nosso time foi gigantesco, até porque não está tratando apenas das estatísticas normais (arremessos, assistências e rebotes). Ele também observa coisas muito mais avançadas sobre os nossos conceitos táticos ofensivos e defensivos, ou seja, o que está dando certo e aquilo que precisa ser mais trabalhado. Isso tem trazido aos jogadores uma bagagem muito grande de conhecimento tático e de autorreflexão sobre os nossos conceitos, nos dois lados da quadra”, comentou o técnico.

Vale ressaltar também que, com a intenção de aprender ainda mais para passar o melhor conteúdo possível, Lucas Margarido buscou se especializar mais ainda no basquete, através de um curso de Educação Física e Esporte na Universidade de São Paulo (USP). “Ingressei em 2021 na USP e a intenção é me formar em bacharel em Esporte daqui três anos, me especializando em atletas de alto rendimento e focando meus conhecimentos para o basquete”, finalizou.

Foto: Divulgação/SPDC