• Futebol em Rede

PSG e suas duas faces na temporada

Um dos clubes mais badalados da Europa devido ao investimento é o Paris Saint Germain. No cenário nacional, não tem adversários. Hoje lidera a Ligue 1 com oito pontos de diferença para o segundo colocado em apenas dez jogos. A diferença é tão gritante que o bicampeonato local é uma obrigação. Já o sonho de conquistar a Europa, ainda é um grande pesadelo. Parece que a facilidade do Campeonato Francês atrapalha os planos de expansão do PSG. Contra o Amiens, vários jogadores foram poupados, inclusive Neymar, pensando no duelo contra o Napoli pela Liga dos Campeões. Goleada, 5 a zero, mas um futebol sem vibração. Di Maria ( Foto ) foi o destaque cobrando escanteios e a bola cruzada, alta, na área adversária foi a solução. Três dos cinco gols saíram dessa forma. O adversário, com Ganso em campo, foi tão frágil, que nem o mais fanático torcedor em Paris, vai ficar animado com o resultado. O curioso é que o PSG não desperta a mesma confiança que teve nas ultimas temporadas. Ser eliminado por Real Madrid e Barcelona nas ultimas edições tirou o brilho do time, idealizado para grandes conquistas. Na atual temporada, a estreia diante do Liverpool com derrota complicou um pouco a situação já na fase de grupos. Pegar o Napoli será um belo teste. Em caso de tropeço, serão dois jogos seguidos com os italianos, o barco parisiense estará condenado à calmaria do Rio Sena e vai comprometer qualquer sonho de grandeza na temporada.