• Futebol em Rede

O presidente do Santos gosta de viver “perigosamente”

Palavra de José Carlos Peres, o presidente em exercício do Santos: “Se Sampaoli quiser vamos nos esforçar para trazer Valdívia”. Dizer que Valdívia é mau jogador é bobagem, muito pelo contrário. Do que tenho visto por aí é um dos últimos com qualidade para passar uma bola, para matar uma bola sem sofrer, mas o problema é o comprometimento. É um grande chinelinho, o Roger dos tempos modernos, adora um DM e não tem sequência. E além disso já tem 35 anos e viria por um salário digno de Rei, que ele não é nem no Chile, o seu país de adoção já que na verdade é Venezuelano de nascimento.

Se ele vier o meio-campo do Santos seria centenário: Bryan Ruiz, 33 anos, ele 35 e Carlos Sanchez, 34. Dos três, o melhor para mim é o uruguaio Sanchez embora também tenha ferrado o Santos quando esqueceu de avisar que tinha suspensão a cumprir na Libertadores e entregou a classificação de bandeja para o Independiente com o beneplácito da Conmebol, que não usou a mesma punição para outros que também fizeram a mesma coisa.

Para um time que é formador de várias gerações de bons jogadores e alguns craques acima da média, é uma solução cara e perigosa. O Santos além de ter mais um jogador que não vai deixar um garoto aparecer, ainda terá que conviver com problemas extra-campo. A vida pregressa de Valdívia mostra isso. Ou então tem que contratar um Departamento Médico só para ele, caso contrário ele começa a trazer profissionais do Chile para bater de frente com os profissionais daqui, como fez no Palmeiras.

Mas se o presidente Peres ainda precisa de mais informação é só ligar para o ex-santista Marcos Assunção, que jogou com Valdívia, no Palmeiras. Talvez ele tenha informações mais detalhadas sobre a falta de comprometimento do meia. Não é à toa que levou umas pancadas de Assunção para aprender a respeitar os outros jogadores.

Alguém até pode dizer, mas com Sampaoli ele jogou bem a Copa América. É verdade, mas se vier para o Santos será um tempo longo de convivência, não apenas um Torneio. Aí a coisa pode pegar. Eu não pensaria em Valdívia para remontar o time do Santos hoje. É a minha opinião. Só isso.

#MarcosAssunção #Sampaoli #Santos #Chile #Peres #palmeiras #Valdívia