• Futebol em Rede

Gui Santos é escolhido pelo Golden State Warriors


O jovem Gui Santos, que completou 20 anos na quinta-feira (22 de junho), foi escolhido pelo Golden State Warriors, atual campeão, na 55ª posição do segundo round, no Barclays Center (Brooklyn / Nova York), no NBA Draft 2022. Gui se torna assim o 16º brasileiro a ser selecionado, o primeiro do país pela franquia de San Francisco, e será o quarto a vestir a camisa da equipe (Anderson Varejão, Leandrinho Barbosa e Scott Machado foram os outros). Após o anúncio, o ala lembrou da intensidade dos treinos pré-Draft e da alegria com a escolha ‘inesperada’.

“Eu estava no quarto já, achei que não ia dar mais, estava indo dormir, esfriar a cabeça. Aí meu agente, Aylton, me ligou e disse ‘vai pra sala agora e liga a TV! Conseguimos!’. E eu falei ‘não brinca comigo assim, não’. E aconteceu! Eu nem esperava mais… E de repente os Warriors me escolhem! Nem sei o que dizer. É muito mais do que um presente, é um sonho que está se realizando. É o melhor presente de aniversário que eu já ganhei. Um sonho meu, da minha família, dos meus amigos…”, afirmou ele, que usará a camisa 10.

Gui Santos chegou aos Estados Unidos em meados de maio para um período de treinamentos na Flórida, se preparando para os treinos pré-Draft. Durante as primeiras semanas de junho, o brasileiro treinou para Orlando Magic, Boston Celtics, Charlotte Hornets, Portland Trail Blazers, Golden State Warriors, Los Angeles Clippers, Phoenix Suns, Sacramento Kings, Cleveland Cavaliers e Houston Rockets. Mas o treino em San Francisco foi especial.

“Fiz bons treinos e treinei bem lá. Me senti muito bem. E encontrei com o Leandrinho também, com quem joguei em Minas. Foi especial. Deixei tudo o que eu tinha nos treinamentos, foi muito intenso, um período de exaustão, de entrega, mas valeu muito a pena. Tudo valeu muito a pena. Tenho que agradecer a muita gente por estar aqui, por tudo ter dado certo, pelo apoio e por acreditarem em mim. Tudo que aconteceu na minha vida, tudo foi sempre muito difícil, viver esse momento é incrível”, relatou.

Gui foi um dos principais destaques do basquete brasileiro na última temporada. Terceiro colocado na FIBA BCLA (2022) – repetindo a campanha de 2021 -, foi campeão da Copa Super 8 (2021) e único jogador da América Latina selecionado para o Nike Hoops Summit (2021) – o evento não aconteceu em razão da pandemia de COVID-19 -, além de liderar a equipe no terceiro lugar do NBB 2021-2022 com média de 10,1 pontos, 5,1 rebotes, 2,0 assistências e 11,4 de eficiência.

Em 2021, foi eleito ‘Destaque Jovem’ e ‘Jogador de Maior Evolução’ do NBB. Em 2022, o ‘Sexto Homem do Ano’.

Dois brasileiros disputaram a temporada 2021-2022 da NBA: Raul Neto (Washington Wizards) e Didi Louzada (New Orleans Pelicans/Portland Trail Blazers). Antes de Gui Santos, 15 brasileiros foram ‘draftados’ pela NBA, sendo que três deles não atuaram na liga (Paulão Prestes, Oscar Schmidt e Marquinhos Abdala).

Brasileiros ‘draftados’ na NBA

2022 – Gui Santos (Golden State Warriors – 55ª posição)

2019 – Didi Louzada (Atlanta Hawks – 35ª posição)

2014 – Bruno Caboclo (Toronto Raptors – 20ª posição)

2013 – Raul Neto (Atlanta Hawks – 47ª posição)

2013 – Lucas Nogueira (Boston Celtics – 16ª posição)

2012 – Fab Melo (Boston Celtics – 22ª posição)

2010 – Paulão Prestes (Minnesota Timberwolves – 45ª posição)

2007 – Tiago Splitter (San Antonio Spurs – 28ª posição)

2006 – Marcus Vinícius (New Orleans/Oklahoma City Hornets – 43ª posição)

2004 – Anderson Varejão (Orlando Magic – 30ª posição)

2004 – Rafael Araújo (Toronto Raptors – 8ª posição)

2003 – Leandro Barbosa (San Antonio Spurs – 28ª posição)

2002 – Nenê Hilário (New York Knicks – 7ª posição)

1988 – Rolando Ferreira (Portland Trail Blazers – 26ª posição)

1984 – Oscar Schmidt (New Jersey Nets – 131ª posição)

1976 – Marquinhos Abdala (Portland Trail Blazers – 162ª posição)

Foto: Divulgação