top of page
  • Foto do escritorFutebol em Rede

CONMEBOL E O MARKETING DA CBF



A Conmebol adora valorizar suas competições. A Recopa Sul-Americana entre os campeões da Libertadores e da Sul-Americana é uma cópia descarada da UEFA, não importa. A Conmebol faz dinheiro com o duelo e promove suas competições. Algumas vezes, a fórmula acaba ajudando competições que não estão no cardápio esportivo da própria Conmebol. De forma antecipada, é o que acontece com a Copa do Brasil 2023.


Hoje o melhor time da Libertadores na fase de grupos é o Palmeiras. Do lado da Copa Sul-Americana, o melhor time é o São Paulo. Bingo! Palmeiras e São Paulo irão disputar uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. Podemos imaginar uma Recopa Sul-Americana antecipada entre os melhores dos torneios da Conmebol no território brasileiro. De forma indireta, olha a Conmebol valorizando a Copa do Brasil.


Impossível prever que Palmeiras e São Paulo irão terminar a temporada mantendo suas posições atuais nas competições da Conmebol. Porém, o tempero para o duelo tem justificativa. Faz tempo que o Palmeiras figura entre os favoritos na Libertadores. Já o São Paulo foi finalista da última Copa Sul-Americana. Um duelo de tamanha rivalidade na Recopa Sul-Americana seria o sonho da Conmebol.


A CBF vai realizar o sonho da Conmebol. Palmeiras, melhor da Libertadores. São Paulo, melhor da Sul-Americana. A etiqueta para o marketing da CBF está pronta. Pena que por pura incompetência, CBF e os clubes não irão aproveitar o rótulo. Era jogo para promover de verdade. Para o marketing da CBF o que importa é criar frases irônicas do tipo, com racismo não tem jogo e promover jogo onde o racismo foi praticado.



ความคิดเห็น


bottom of page