• Futebol em Rede

AJUDEMOS NEYMAR A SE AJUDAR


Olá amigos.


Alguém duvida que Neymar é um dos melhores jogadores de futebol do Mundo de todos os tempos? Acho que não.


Como ninguém é perfeito, é claro, tem também muitos defeitos.


Desde os tempos de menino jogando na base do Santos, sabia-se que era um fora de série. Foi logo promovido e lançado na equipe principal do Santos, clube que tem no seu DNA revelar e lançar garotos no time principal. São os MENINOS DA VILA, slogan que é orgulho do Santos FC.


O garoto logo confirmou que era mais um fora de série. Hoje, já adulto e bilionário, confirmou todas as previsões.


É “genioso”? É !!!

Tem pavio curto? Tem !!!

Causa Inveja? Sempre causou (aliás, como sempre causam os gênios do esporte, das artes, da ciência, os bem sucedidos na vida).


Desde logo o garoto virou celebridade.

Com a bola nos pés e em campo, é sempre atração. Dribles desconcertantes, malabarismos, molecagens são normais no seu dia a dia. Gols incríveis, assistências são marcantes nas suas atuações.

Somando-se a tudo isso, é claro, o sucesso no “Jet set” nacional e internacional.


“Marias-chuteiras” estão sempre sonhando com seus gols de placa. Celebridades também se aproximam com as mesmas intenções. Artilheiro que é em campo, é o mesmo fora dele. Isso tudo causa muita inveja.


No futebol, que é a razão de todo esse sucesso, não é diferente. Em campo, com a sua genialidade, é marcado e caçado pelos adversários. Chegam junto e batem pra valer. O provocam ostensivamente e seguidamente. O objetivo é que ele se enerve e reaja, o que acontece muitas vezes.

Nesse ponto saio na defesa dele. Culpados são os árbitros que permitem que isso aconteça. Batem nele em revezamento. Brioso que é, aí capricha ainda mais nos dribles que dá e no sorriso debochado. Às vezes ele revida, leva cartão amarelo e já tomou até vermelho por isso. Insisto em culpar os árbitros pelo que acontece.

Em razão disso, o grande erro que cometeu foi o “cai-cai” simulando que foi atingido e até agredido pelos adversários. Esse comportamento virou “um tiro pela culatra”. Segue com a fama de encenar, simular contusões e/ou agressões.


Esses jogos da Eliminatória para a Copa do Mundo do Qatar no final do ano que vem, só confirmam toda esta nossa análise. A fama e a inveja andam juntas.


Alguém ligado ao Neymar pode ajudá-lo a entender tudo isso. Quem? Não sei. Tite, amigos de verdade devem expor essas verdades a ele.

Boa sorte. Você ainda poderá nos dar muitas alegrias.


Um abraço.

Lucas Neto