• Futebol em Rede

Vitória justa e Libertadores


Vitória justa e Libertadores alcançada pelo São Paulo diante do Internacional. Fazia tempo que o time não entrava no Morumbi com tanta vontade. Venceu, 2 a 1, e foi premiado com uma vaga na fase de grupos da Libertadores. Anthony ( Foto – Divulgação ) , fez seu melhor jogo no ano. Talvez motivado por uma proposta do exterior, fez gol, armou contra-ataque, ajudou na defesa, marcou adversário e foi decisivo.


Pode parecer absurdo, mas no paragrafo anterior estão todos os motivos para o torcedor do São Paulo ficar satisfeito. As preocupações continuam. O adversário, Internacional, foi um rival enfraquecido, mas que com as mudanças do segundo tempo, chegou a reagir e deixar cabelos em pé de preocupação. As mudanças promovidas pelo São Paulo foram para segurar o placar. Dessa forma, ressaltou a insegurança que moveu o clube durante toda a temporada. O placar foi justo, mas o friozinho na barriga da torcida reafirma que a vaga da Libertadores foi um prêmio exagerado.


Os erros do São Paulo na temporada foram enormes. Foram quatro treinadores. Contratações impactantes e ainda pouco produtivas. Resultados medianos, vice paulista e vaga nos grupos da Libertadores. O torcedor viveu extremos entre confiança e decepção. O que deu certo, alguns jovens promovidos da base, deve servir para cobrir as finanças e nada mais. O sentimento é de alívio e preocupação. As ações da diretoria estão longe de justificar a tradição do clube. O São Paulo ainda é uma camisa e não um time de futebol confiável.