• Futebol em Rede

VAR e o líder Palmeiras

VAR e o líder Palmeiras andaram de mãos dadas no final de semana. Primeiro de tudo, o jogo entre Botafogo e Palmeiras, em Brasília, foi horrível. Muita reclamação e pouca bola, principalmente no primeiro tempo. O jogo quase insuportável, melhorou no segundo tempo após o pênalti marcado pelo VAR. Ainda mais porque resultou no placar da partida. Palmeiras, 1 a zero.

O lance capital aconteceu quando o zagueiro Gabriel do Botafogo, pisou no pé de Deyverson dentro da área. O árbitro deu amarelo para o atacante do Palmeiras, por exagero, estava tudo caminhando sem grande polêmica, quando o VAR apelou. Mostrou a pisada do botafoguense e o árbitro retirou o amarelo do palmeirense e marcou o pênalti. O lance é interpretativo. Devido ao VAR, cria no árbitro a obrigação de interpretar mais radicalmente o lance. O jogo até melhorou, mas tudo estava decidido.

Chama a atenção o excesso de amarelos para o Botafogo, foram dez. Parece que, o mesmo rigor não estava de verde. A arbitragem decidiu o jogo. Além disso, o bom futebol do Palmeiras sumiu como a bola de Lucas Lima. É inacreditável como Lucas Lima deixou de jogar. Botafogo e Palmeiras fizeram um jogo digno de Brasília. Esperava-se muito, nada aconteceu e o resultado foi escrito de uma forma rigidamente estranha.

#palmeiras