• Futebol em Rede

Vai ter Grenal


Vai ter Grenal na Libertadores. Jogo nervoso, mas o Internacional venceu o Tolima, 1 a zero, e garantiu o duelo gaúcho na competição. D’Alessandro ( Foto – Divulgação ), foi herói e quase um vilão. Foi dos pés dele que saiu a jogada do gol de Guerrero. Porém, o argentino foi expulso no segundo tempo e deu animo para os colombianos colocarem emoção na partida. O Inter é mais time, mereceu a vaga, mas não pode tomar sufoco.


D’Alessandro, 38 anos, tem história no Internacional. Quinto jogador que mais atuou pelo time, artilheiro do novo Beira-Rio, maior artilheiro em Grenais no século 21 e só não foi campeão mundial com a camisa colorada. Depois de passar por um empréstimo no River Plate, disputou uma série B e retomou sua trajetória vencedora, com bons jogos. Experiente demais, não consegue controlar reclamações e excessos nas divididas. Um ídolo incontrolável.


Coudet contra o Tolima, mexeu na formação defensiva. Tirou um volante e colocou Marcos Guilherme. Deve aprender com a situação. O Internacional não precisa jogar com três volantes. O treinador argentino melhorou a equipe em disposição, mas precisa ter confiança. A equipe tem potencial e não pode cultivar perfil defensivo. Guerrero desencantou, mas joga isolado no ataque. O Inter perdeu o primeiro Grenal do ano, mas terá chance de fazer a derrota cair no esquecimento em plena Libertadores.