• Futebol em Rede

Tragédia defensiva em Salvador

Tragédia defensiva em Salvador. Dessa forma é possível entender a derrota do Flamengo para o Bahia por 3 a zero. Além disso, foi uma série de pecados capitais do treinador portuguesa Jorge Jesus. Primeiro de tudo, os laterais não tiveram cobertura do fraco volante Piris da Motta. A lentidão dos defensores, permitiu que Gilberto fizesse os três gols, sem suar o abadá.

Acima de tudo, o pecado fatal foi a armação do time. É inacreditável jogar contra um adversário que explora o contra-ataque, sem ter cobertura. Certamente, existiram outros erros. O goleiro Diego Alves ( Foto – Divulgação ) entregou um gol ao adversário e saiu de campo com sua pior atuação pelo Flamengo. Filipe Luis, estreante, fora de forma, teve que ser substituído. Foi um show de horrores defensivo.

Como resultado, o Flamengo sofre um abalo na confiança. A defesa é vulnerável e sem um volante marcador, vira um desastre. Parece que, no setor, chamam Jesus de Genésio. Além disso, está muito claro que não existe substituto para Gabriel no ataque. É um pecado gastar o que gastou o Flamengo e ter tantos problemas. Assim, caberá ao treinador Jesus, fazer o milagre de transformar o Flamengo em um time confiável.

#Flamengo