• Futebol em Rede

“TITIA” LEILA ASSUMIU E COM ÓTIMAS IDEIAS

Olá amigos


Presidente da Crefisa e da FAM, empresas patrocinadoras do futebol do Palmeiras, “titia” Leila Pereira assumiu a presidência do “Palestra” no último dia 15. Foi candidata única e é a primeira mulher a presidir o Clube.


Na sua primeira entrevista coletiva citou fato curioso: em sua conta corrente pessoal, recebeu alguns Pix (novidade bancária que está causando inúmeras dores de cabeça a clientes bancários por ações de bandidos) com depósitos em dinheiro para ajudar na compra de jogadores e reforçar o elenco para o Mundial de Clubes, em fevereiro do ano que vem.


Incrível, né? Aqui no nosso Brasil, se descobre os dados pessoais de qualquer cidadão. Número de CPF, identidade, endereço, etc.. Compra-se tudo isso até na praça da Sé.

E, voltando ao assunto, Andrés Rueda, presidente do Santos FC recebeu também na sua conta, depósitos de torcedores para ajudar na compra de reforços.


Bom ressaltar que Leila e Rueda já confirmaram que valores foram repassados para os seus clubes.


Em sua primeira entrevista, a presidente palmeirense respondeu com segurança todas as perguntas que lhe foram formuladas. Salientou que o fato de presidir as empresas patrocinadoras e o clube é assunto permitido pelo Código de Ética da CBF (dirigente de patrocinador pode ser dirigente do clube patrocinado).


Sobre o fato de eventual patrocinador aparecer com proposta melhor, como iria agir, explicou:

“Nós renovamos o contrato de patrocínio com o ainda presidente Maurício Galiotte e por três anos. Assim estamos tranquilos. Todavia, se aparecer alguém oferecendo valores melhores para o Palmeiras, irei verificar se o patrocinador é idôneo e com capacidade de cumprir os pagamentos. Isso constatado e confirmado, eu irei abrir as portas para recepcioná-lo e com tapete verde estendido, podem crer.”


Abel Ferreira e Anderson Barros estão confirmados como técnico e diretor administrativo até dezembro de 2022.


Leila anunciou que os investimentos no elenco irão acontecer com critérios e de acordo com as necessidades. Ideia é contratar jogadores jovens e de destaque, mas conforme as necessidades do elenco.


Marcelo Lomba, goleiro com 34 anos foi o primeiro reforço e para ser o novo Jailson, reserva de Weverton (hoje o melhor goleiro do futebol brasileiro sem nenhuma dúvida). Eduard Atuesta, meio campista de 24 anos também já está contratado.


O Palmeiras, segundo ela, é comprador, mas sempre com os pés no chão. As premiações recebidas este ano com a conquista da Libertadores, terceiro lugar no Brasileirão e de outras competições, todas estão no caixa para esses investimentos.


Mesmo destino terão as verbas de vendas ou empréstimos de jogadores.

O futebol de base seguirá tendo uma atenção muito especial. À garotada todo apoio e investimentos.


No atual elenco principal, meninos da base subiram, foram promovidos e lançados no time em muitas oportunidades. Gabriel Menino, Wesley, Danilo, Patrick de Paula são exemplos disso.

Futebol feminino em crescimento no alviverde também terá atenção especial. Aliás, o futebol feminino está crescendo aqui no Brasil, ganhando torcidas e revelando jogadoras. Os patrocínios têm melhorado valores e o mercado de atletas também está começando a virar nova fonte de receitas.


Encarecidamente Leila pede aos torcedores palmeirenses adesão ao plano de sócios Avanti. Hoje são cerca de 40 mil associados e tem como meta dobrar esse número para 80 mil.

É claro que para dobrar esse número os resultados serão muito importantes. Mas esse crescimento também será em razão da confiança na administração e no sucesso do futebol.

Encerrando a entrevista, Leila Pereira foi enfática: “Em todos os setores darei sempre a última palavra. Trabalharemos para o Palmeiras fazendo e com pessoas com esse objetivo. Não para o que o clube pode fazer para “algumas” pessoas”.


Palmeirenses dizem: “AMÉM, TITIA LEILA”!


Um abraço.

Lucas Neto