• Futebol em Rede

Stephany Gonçalves é confirmada para disputar os Jogos Sul-americanos da Juventude no Basquete 3x3


Competição voltada aos jovens atletas ocorre em Rosário, na Argentina, de 28 de abril a 08 de maio

A treinadora Ellen Rosa definiu as quatro jogadoras que representarão o Brasil no Basquete 3x3 Feminino nos Jogos Sul-americanos da Juventude 2022, que serão disputados em Rosário, na Argentina, de 28 de abril a 08 de maio. Entre as atletas confirmadas está Stephany Gonçalves, da AD Santo André, que tem sido convocada constantemente para os selecionados nacionais de base, seja no 3x3 ou mesmo no 5x5, tanto é que foi campeã Sul-americana Sub-18 Feminina, recentemente.

“É uma alegria ver o desenvolvimento da Stephany Gonçalves, uma atleta formada em nossa base, que vem ajudando o basquete brasileiro seja no 3x3 ou no 5x5. Isso mostra que o trabalho do basquete feminino andreense segue revelando talentos. Desejamos sucesso à equipe brasileira nesta importante competição para jovens atletas”, comentou Arilza Coraça, coordenadora técnica da AD Santo André.

A jovem Stephany Caroline Gonçalves, de 17 anos (22 de setembro de 2004) e 1m80, é natural de Joinville (SC). Além de atuar na base, tem participado constantemente da rotação do técnico Rafael Souza nos jogos do time andreense na edição de 2022 da Liga de Basquete Feminino (LBF). Além disso, foi campeã Brasileira de Basquete 3x3 Sub-18 2021, em competição organizada pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB), realizada em Salvador (BA).

Seleção Brasileira Feminina: Maria Clara Soares Lourenço (Mampituba/SATC/FME/Criciúma-SC), Stephany Gonçalves (AD Santo André-SP), Arianny Gonçalves (ADC Bradesco-SP) e Ana Beatriz Passos (ADC Bradesco-SP)

Comissão Técnica: Francisco das Chagas Oliveira (chefe da delegação), Elen Rosa Viana (treinadora), Thiago de Sordi (preparador físico), Henrique de Andrade (analista de desempenho), Felipe Alexandre Porto Ferreira (assistente técnico), Thiago Rodolpho Ramalho (chefe do Departamento de Fisioterapia) e Wagner Felipe Campos (fisioterapeuta)

Foto: Jorge Bevilacqua/AD Santo André