• Futebol em Rede

Serei chamado de xenófobo se disser que o melhor técnico do Paulista é um brasileiro?

Ele já andou pelo mundo, foi jogador de times grandes, jogou em Seleção, faltou uma Copa do Mundo no currículo e, é claro, conhece futebol. É até aqui a melhor campanha do Campeonato Paulista. Lidera o Grupo que tem o Santos do decantado Jorge Sampaoli, duas Copas do Mundo (Chile e Argentina) e para muitos o homem que fará o futebol brasileiro mudar de cara.

Ele é Antonio Carlos Zago. No começo era apenas Tonhão, mas quando Mazinho, um bom jogador que o São Paulo preparava para assumir a zaga, sofreu um acidente e infelizmente ficou tetraplégico, o moço esguio vindo de Presidente Prudente, com muita bola no pé chamou a atenção de Telê Santana, então treinador do tricolor, e virou Antonio Carlos.

Foi lançado como lateral-direito na ausência do titular da posição, mas logo se percebeu que ele dominava mesmo os segredos da área por cima e por baixo. Foi um ótimo jogador e daí ganhou o Mundo. Zago fez sucesso principalmente no São Paulo, Palmeiras e na Roma, da Itália.

Hoje pode ser considerado o melhor técnico do futebol paulista pelos resultados conseguidos à frente do Red Bull Brasil. Tem 24 pontos contra 23 do Santos que será seu adversário na próxima fase do Campeonato Paulista. Se vai passar ou não a gente não sabe, mas faz uma grande campanha e deverá ser uma boa disputa entre as duas equipes. Um ainda jovem treinador contra um já mais rodado e que tenta fazer o Santos voltar a jogar com a bola no pé. Vamos ver.

Como treinador Zago fez algumas más escolhas na sua carreira. Começou no São Caetano e depois de vencer o Palmeiras numa ótima atuação do seu time, foi convidado para assumir justamente o Verdão. Se encantou pela proposta, mas estava Verde demais para assumir o Verdão. Complicou seu bom início de carreira e teve que recomeçar pelo então Grêmio Barueri. Daí andou pelo mundo em busca de aperfeiçoamento e foi voltando aos poucos. Agora mais calejado e sabendo que o futebol é um meio cruel e traiçoeiro tenta engatar uma carreira de sucesso novamente.

Eu acompanhei toda a carreira de Antonio Carlos Zago desde os tempos de jogador. Posso dizer que é um amigo que tenho no futebol e admiro sua capacidade e também sua tenacidade. Antes que digam que não gosto de estrangeiro no futebol brasileiro, eu explico: “Eu gosto de estrangeiro bom, como também gosto de técnico brasileiro bom. A nacionalidade só vale para a manchete, mas acho que o preconceito hoje é contra o brasileiro. Se um dos nossos entrasse num clássico com 3 volantes como Sampaolli entrou contra o Corinthians seria execrado imediatamente. Já o contrário é exaltado. Só isso”

#SãoPaulo #Mazinho #TelêSantana #AntonioCarlosZago #Roma #palmeiras #RedBullBrasil