• Futebol em Rede

SAI DOMENEC ENTRA ROGÉRIO CENI


O Flamengo foi rápido na decisão. Após duas goleadas (São Paulo e Atlético MG), implodiu o trabalho de Domenec Torrent ( Foto – Divulgação ). Imediatamente entrou em campo a solução nacional. Rogério Ceni, ótimo trabalho no Fortaleza, ídolo do São Paulo e uma tumultuada passagem pelo Cruzeiro, foi contratado e já assume os desafios enormes do Flamengo. Reta decisiva de Copa do Brasil, Libertadores e tentará resgatar o rubro-negro no Campeonato Brasileiro.


A rapidez com que o Flamengo tomou a decisão aponta que Domenec já estava na frigideira. Trazer o auxiliar técnico de Guardiola, sem experiência e com pouco conhecimento do futebol local, foi uma aposta errada desde o início. Já seria difícil alguém trabalhar no Flamengo com a sombra de Jorge Jesus e seu trabalho vencedor. Domenec não é incompetente, mas sofreu por desconhecer elenco e com as dificuldades do futebol brasileiro. Deixou claro que nem acompanhava o trabalho de Jorge Jesus. A falta de conhecimento prévio do que teria nas mãos foi um fator decisivo para não vingar no clube.


Domenec fez testes onde não deveria. Gerson chegou a jogar aberto na lateral, descaracterizando o meio de campo. Fez um rodízio de jogadores no elenco, uma mudança de estilo no trabalho que gerou críticas. Jorge Jesus colocava time titular em todos os jogos. O ponto principal, não conseguiu acertar a defesa. O Flamengo tem a segunda pior defesa do Brasileiro, 29 gols sofridos contra 33 do Goiás. Todas as formações possíveis foram utilizadas na zaga e nenhuma vingou. Duas goleadas sofridas para times que disputam o título, foi o motivo da implosão.


O treinador catalão fez uma campanha mediana no clube. Foram 63% de aproveitamento (15 vitórias, 5 empates e 6 derrotas). Goleou o Corinthians, empatou com méritos com o Palmeiras, mas as goleadas para Independiente Del Valle, São Paulo e Atlético MG, foram traumáticas. Metade das derrotas de Domenec no Flamengo foram surras, chineladas doloridas. Sua passagem pelo clube não vai deixar saudades e será em pouco tempo, um detalhe estatístico.


Rogério Ceni chega em alta no futebol nacional. Apoio da torcida existe e aprovação do elenco já foi anunciada. O trabalho de estruturação e conquistas no Fortaleza foi brilhante. No Cruzeiro uma experiência desagradável que deixou perguntas sem resposta. O Cruzeiro era irrecuperável com sua crise administrativa e financeira, ou o desafio era alto demais para o novato treinador. A resposta virá no Flamengo, o maior teste possível para a carreira de Rogério Ceni.


De imediato Rogério Ceni terá que consertar o setor defensivo. De goleiro ele entende e o primeiro passo, definir quem é o titular. Diego Alves que deixou o time por contusão ou o bom Hugo, que sofreu duas goleadas traumáticas com gol entre as pernas de Sasha. Definir zaga titular e acertar posicionamento. Gustavo Henrique lento, precisa de recuperação. Tudo em meio a jogos decisivos, um atrás do outro em três competições diferentes. Bom treinador Rogério Ceni é, mas vai precisar de sorte para evitar turbulências no início do trabalho. Boa sorte Rogério Ceni !!!!!