• Futebol Alternativo

Saída do São Caetano é só a ponta de um Iceberg

Para quem não está por dentro das notícias futebolísticas do meio da quarentena, o São Caetano anunciou oficialmente a sua desistência da série D do campeonato Brasileiro . Oficialmente o azulão é o terceiro clube que desiste de disputar a competição por conta dos problemas financeiros causados pela Pandemia de Corona e a falta de jogos oficiais. Patrocinense e Rio Branco do Acre também abandonaram o barco. A saída do clube do ABC é só a ponta de um Iceberg que ainda vai emergir e derrubar um grande Titanic chamado série D. A situação de muitos clubes da série D é desesperadora, alguns estão sem funcionários e comissão técnica, outros cortaram salários e parte do elenco. Vamos lembrar que o São Caetano era até entao uma das maiores folhas salariais do campeonato. O patrocínio das Casas Bahia mantinha o time com bom investimento, jogadores veteranos e caros como Domingos e Madson e o badalado dirigente Paulo Pelaipe saiu do Flamengo vice-campeão do mundo para ser contratado a Peso de ouro pelo azulão. E mesmo assim o time desiste da Série D abandona o campeonato alegando problemas financeiros. A grande pergunta é: Se um time com bom patrocínio e estrutura como o São Caetano desiste o que esperar de outros clubes sem apoio financeiro e de estados de pouca tradição no futebol? A resposta infelizmente é uma só, mais clubes devem desistir do campeonato. Com toda a indefinição de quando o campeonato vai começar, Com todos os clubes sofrendo com problemas financeiros e sem elenco, Jogadores sem treinar. Enfim, muitos são os problemas. A série D corre sérios riscos e talvez nem aconteça.