• Futebol em Rede

Só dá Cebolinha na terra do Chimarrão

Só dá Cebolinha na terra do Chimarrão. O Rio Grande do Sul, e de quebra todo o Brasil, se curva ao talento de Everton, excelente atacante do Grêmio. Até colorado aplaude o jogador. Na terra da erva-mate, árvore considerada símbolo dos gaúchos, matéria prima para o famoso Chimarrão, o Cebolinha encanta. Nesta quinta-feira ele é uma das esperanças da Seleção Brasileira para vencer possivelmente uma retranca Paraguaia, que vem mal na Copa América, se classificou às duras penas em terceiro do seu grupo, fruto de um empate entre Japão e Equador em outro grupo, mas que sempre incomoda o futebol brasileiro.

E só lembrar que nas edições de 2011 e 2015, os paraguaios tiraram o Brasil da Copa América nos pênaltis e foram duro adversário enquanto a bola rolava. Hoje acho o Brasil superior, mas é sempre bom estar atento a tudo isto. Tite, às vezes, demora demais para tomar decisões. Everton já era para ser titular desde o início, mas ele resolveu apostar em David Neres pela esquerda. A justificativa de alguns era que Neres estava mais pronto para a Seleção do que Everton porque joga no Ajax. Coisas desses tempos vira-latas do futebol brasileiro. Jogador pisou na Europa já parece melhor do que os que estão aqui. Everton, na minha opinião, é superior a David Neres nesse momento e talvez na sequência da carreira.

Só resta deixar que ele jogue o seu futebol, que lhe passe confiança da titularidade e que o deixe solto para fazer o que sabe na Arena do Grêmio, que ele conhece tão bem, nessa quinta-feira. Aos gaúchos resta “misturar” um pouco de Cebolinha com a erva-mate do Chimarrão e torcer para dar certo. Garanto que o amargo pode virar doce. Esse “moleque” é bem capaz disso. Esse cearense tratado a Carne de Sol conquistou a Cuia dos Pampas.

#ervamate #everton #tite #riograndedosul #davidneres #chimarrão #carnedesol