• Futebol em Rede

Resgatada a alma do clássico


Resgatada a alma do clássico entre Flamengo e Vasco. Fazia tempo que não acontecia um jogo tão eletrizante, emocionante e cheio de gols. O empate 4 a 4 foi justo e ficou para a história. Jorge Jesus e Vanderlei Luxemburgo valorizaram um duelo entre rivais para encher o Maracanã de orgulho. Bruno Henrique ( Foto – Divulgação ) foi o artilheiro do encontro com dois gols.


Luxemburgo provou que mesmo com um time inferior, foi capaz de causar calafrios no embalado Flamengo. Fechou espaço pelo meio, houve falhas nas laterais e o time nunca abandonou o jogo. Mesmo nos piores momentos da partida, seguiu intenso, na busca de resultado. Soube explorar as falhas da zaga adversária e viu Pikachu fazer jogada de craque e sofrer pênalti. O Vasco mereceu o placar.


Já Jorge Jesus percebeu que a zaga teve falhas de posicionamento. O time teve dificuldade de criação e de foco. Só voltou a ser o Flamengo dos últimos tempos, quando Bruno Henrique entrou no jogo. Não perder o clássico ou quase vencer, prova a força desse Flamengo. Um rolo compressor quando entra no jogo. A acomodação com o gol relâmpago no clássico deixou uma lição. Surpresas acontecem e estar preparado para elas é o desafio desse Flamengo vencedor.