• Futebol em Rede

Parabéns São Paulo

O São Paulo conseguiu chegar à final do Campeonato Paulista ao empatar sem gols pela segunda vez com o Palmeiras e vencer o rival nos pênaltis. Um feito a ser comemorado. O rival tem mais elenco, mais investimento, mais nome e não adiantou. Caiu diante da juventude e da superação do São Paulo. Nos pênaltis também houve uma transformação. Tiago Volpi ( Foto – saopaulofc.net ) ensaiou ser o vilão ao perder o pênalti e virou herói na decisão. O mérito da garotada do São Paulo foi não ciar na intimidação dos experientes jogadores do Palmeiras. Gustavo Gomez tentou arreliar e não conseguiu. Felipe Melo não achou um adversário para suas provocações e até Bruno Henrique tentou agitar e não teve efeito. Outra virtude no clássico. O Tricolor entrou em campo com desfalque de Pablo. Mesmo assim, brigou no jogo, não se entregou e deu umas beliscadinhas. O adversário era favoritíssimo. Segurar o rival na casa do adversário já merecia aplauso. Duas polêmicas marcaram o jogo. O VAR da Federação Paulista anulou um gol de cada lado. O do São Paulo foi mais nítido. O gol anulado do Palmeiras do foi por milímetros e o VAR acertou. A demora da aplicação do VAR foi muito grande, apesar dos acertos. A segunda polêmica foi Felipão, experiente treinador, ameaçar tirar o time de campo após a anulação do gol palmeirense. Atitude que deveria ser punida. Como também merece punição, mais uma vez, bola atirada dentro de campo para tumultuar o espetáculo. São erros recorrentes com Felipão. A bola puniu o Palmeiras. Com o elenco que possui é inadmissível usar recursos tão grosseiros como tirar time de campo, jogar bola no gramado e em caso de derrota desqualificar competição e adversário. A zebra engoliu o bicho papão. O São Paulo suportou a pressão, soube levar a decisão para os pênaltis e teve méritos nas cobranças. Deu um exemplo de superação na fase final da competição e uma cara nova para um time que parecia condenado. Parabéns São Paulo !!!!!

#SãoPaulo