• Futebol em Rede

Oito jogos movimentaram os campeonatos da LSPB no final de semana


Foram três partidas no sábado (21) e mais cinco no domingo (22), todas disputadas no ginásio do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP)

Os campeonatos organizados pela Liga de São Paulo de Basketball (LSPB) prosseguiram no final de semana (21 e 22 de maio), no ginásio do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), em São Paulo (SP), com a realização de oito jogos.

No sábado (21 de maio), foram três partidas: na primeira delas, válido pelo Campeonato +40 Masculino, o Underdogs bateu o Hunters, por 79 a 48 (38 a 25 no primeiro tempo). O Undesdogs esteve sempre no comando do marcador, fazendo a sua vantagem crescer a cada período para vencer sem sobressaltos – 19 a 13 (primeiro quarto), 19 a 12 (segundo quarto), 21 a 13 (terceiro quarto) e 20 a 10 (quarto final).

Os atletas mais efetivos foram Daniel Camara (16 pontos e 12 rebotes – double-double) e William Arriel (15 pontos e 05 rebotes), pelo Undesrdogs; Rodrigo Grecco (10 pontos) e Alexandre Tawil (08 pontos), em favor do Hunters.

Em seguida, pela competição Adulta Feminina, o Cohab suplantou ao Ballers, por 52 a 38 (21 a 18 no primeiro tempo). O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio, com cada uma das equipes dominando um período e o Cohab ficando ligeiramente na frente. O crescimento do time vencedor seu deu no segundo tempo, quando conseguiu comandar os dois períodos finais e desgarrar no placar – 13 a 08 (primeiro quarto), 08 a 10 (segundo quarto), 18 a 09 (terceiro quarto) e 13 a 11 (quarto final).

E, complementando a jornada, o Oz Brother's derrotou o Sapopemba, por 57 a 52 (27 a 21 no primeiro tempo), pelo Adulto Masculino, com equilíbrio. O jogo foi acirrado, com o Oz Brother's iniciando melhor e ficando na frente nos dois quartos iniciais, abrindo uma pequena vantagem no final do primeiro tempo. Na volta do intervalo, o Sapopemba viveu seu melhor momento no jogo, rendendo bem nos dois lados da quadra e conseguindo a virada. Mas, nos dez finais, foi a vez do Oz Brother's promover uma nova virada e garantir o resultado positivo – 14 a 12 (primeiro quarto), 13 a 09 (segundo quarto), 13 a 24 (terceiro quarto) e 17 a 07 (quarto final).

Os destaques foram Christian Viana (16 pontos, 12 rebotes, 04 assistências e 04 bolas recuperadas – double-double) e Robson Douglas (16 pontos e 13 rebotes – double-double), pelo Oz Brother's; Ricardo Santos (18 pontos, 10 rebotes e 04 assistências – double-double) e Kaique Oliveira (13 pontos, 06 rebotes e 07 assistências), em favor do Sapopemba.

No domingo (22 de maio) foram mais cinco jogos: na abertura, o PDD bateu o USPERS, por 72 a 56 (41 a 30 no primeiro tempo), pelo Campeonato Adulto Masculino. O PDD esteve sempre no comando do marcador, apenas no terceiro quarto, o USPERS conseguiu equilibrar, mas não manteve nos dez minutos finais – 21 a 14 (primeiro quarto), 20 a 16 (segundo quarto), 12 a 12 (terceiro quarto) e 19 a 14 (quarto final).

Os atletas mais efetivos foram Junior Leal (19 pontos e 08 rebotes) e Wallace Anthony (11 pontos e 03 bloqueios), pelo PDD; Diego Florez (13 pontos e 07 rebotes) e Guilherme Lotufo (13 pontos, 05 rebotes e 03 bolas recuperadas), em favor do USPERS.

Pelo Adulto Feminino, o GVelhas derrotou o Doctors, por 27 a 24 (18 a 06 no primeiro tempo). Foi uma partida em que as defesas levaram vantagem sobre os ataques. Com isso, ninguém conseguiu desgarrar e o duelo ficou acirrado até o final – 14 a 02 (primeiro quarto), 04 a 04 (segundo quarto), 01 a 05 (terceiro quarto) e 08 a 13 (quarto final).

As maiores pontuadoras foram Mariana Alvarez (15 pontos, 12 rebotes e 03 bolas recuperadas – double-double) e Ana Carolina Yoshi (09 pontos, 04 rebotes e 04 bolas recuperadas), pelo GVelhas; Georgeana Freire (11 pontos e 06 rebotes) e Luisa Henrique (09 pontos e 18 rebotes), em favor do Doctors.

Voltando ao Adulto Masculino, o Doctors suplantou ao Magos, por 81 a 55 (42 a 21 no primeiro tempo). O time comandado pelo técnico Clayton Ferreira começou bem o jogo e ficou na frente nos três primeiros quartos, assumindo a dianteira do placar a abrindo boa vantagem, que foi muito bem administrada nos dez minutos finais – 19 a 10 (primeiro quarto), 23 a 11 (segundo quarto), 21 a 15 (terceiro quarto) e 18 a 19 (quarto final).

Os cestinhas foram Alexandre Silva (16 pontos) e Rafael Rossi (16 pontos e 08 rebotes), pelo Doctors; Alexandre Santos (13 pontos e 04 rebotes) e Marcel Silveira (13 pontos e 08 rebotes), em favor do Magos.

Voltando ao Adulto Feminino, a LSPB derrotou o Underground, por 68 a 26 (37 a 14 no primeiro tempo). Com bom rendimento nos dois lados da quadra, o representante de Caieiras comandou as ações e venceu sem maiores sustos – 18 a 02 (primeiro quarto), 19 a 12 (segundo quarto), 19 a 07 (terceiro quarto) e 12 a 05 (quarto final).

As atletas mais efetivas foram Sandra Costa (12 pontos, 09 rebotes e 09 bolas recuperadas) e Samara Ferreira (12 pontos), pela LSPB; Emily Neves (10 pontos e 03 rebotes) e Mileide Nunes (06 pontos e 04 rebotes), em favor do Underground.

Por fim, o Gran Noble derrotou o Basquete Rosa Branca, por 72 a 59 (33 a 32 no primeiro tempo), pelo Adulto Masculino. O Rosa Branca começou bem e ficou na frente no quarto inicial, mas a partir do segundo o Gran Noble se recuperou e comandou as ações e conseguiu a recuperação e desgarrou um pouco para vencer – 08 a 15 (primeiro quarto), 25 a 17 (segundo quarto), 20 a 11 (terceiro quarto) e 19 a 16 (quarto final).

Os cestinhas foram Vagner Silva (21 pontos e 04 rebotes) e Deivison Fastron (13 pontos, 06 rebotes e 06 assistências), pelo Gran Noble; Pedro Oliveira (14 pontos) e Guilherme Zorzeto (14 pontos e 07 rebotes), em favor do Basquete Rosa Branca.