• Futebol Alternativo

OBRIGADO FERREIRÃO

O domingo foi um pouco mais triste para aqueles que acompanham o futebol alternativo e os times do interior, pois faleceu Luiz Carlos Ferreira, o Rei do Acesso.


O treinador vinha sofrendo com um câncer na cabeça e, após uma cirurgia realizada há dois anos, a doença voltou nos últimos meses e o treinador estava internado fazia um mês em um hospital de Leme.


Como jogador foi meio-campista em meados dos anos 70 e teve breves passagens por Sãocarlense, Tanabi, Nevense e América, de São José do Rio Preto. Como treinador Foram mais de 30 anos de carreira dedicados aos clubes do interior do país sempre conquistando títulos e acessos por onde passou. Comandou grandes times como Guaratinguetá, Taubaté, Rio Branco, Ponte Preta, Comercial, Corinthians de Presidente Prudente, Matonense, São Caetano, Santo André, XV de Piracicaba, Marília, Guarani, União de Araras, Paulista, Inter de Limeira, Lemense, entre vários outros.


O apelido de Rei do Acesso surgiu no início dos anos 90, quando conquistou acessos seguidos para a primeira divisão com equipes diferentes.Com destaque para o Araçatuba (1991) e Comercial de Ribeirão Preto (1993). No total, o comandante contabilizou, direta ou indiretamente, 19 acessos e mais alguns rebaixamentos evitados.


O Fato de nunca ter feito sucesso em grandes clubes não o incomodava muito, como diz nessa entrevista ao Estadão. "Sou um vencedor, mas no interior. Não faço política com ninguém e, nesse meio do futebol, é muito importante você não ser transparente para vencer. Eu não sou assim. Sou bastante sincero em minhas atitudes e, talvez, pague por isso até hoje", acrescentou. "Não me aborreço por isso. Poucos são tão queridos como eu em São Paulo. Sou um antídoto para eles"


Num ano onde já perdemos Vadão , que também fez história no interior do país, outra perda como do Ferreirão entristece muita gente.


Obrigado Ferreirão . O futebol do interior se despede do seu grande professor. Para sempre o primeiro e único Rei do Acesso.