top of page
  • Foto do escritorFutebol em Rede

O Santos ferve. E João Paulo quer sair


Paulo Turra assumiu oficialmente o Santos nesta segunda-feira, 26/6. E terá problemas homéricos, para recuperar um time em queda livre rumo à Série B. E, esse é o problema principal, que pode empurrar ainda mais a equipe para a segundona, vai tentar comandar

um elenco dividido. Elenco que começa a contestar até a liderança do goleiro João Paulo, que, com as suas defesas, salvou a equipe de inúmeras derrotas

nos últimos dois anos.

Não fosse João Paulo, o Santos teria sido rebaixado, até no Campeonato Paulista.

João Paulo era olhado como líder até o jogo com o Corinthians, na semana passada. Aquele mesmo que o Corinthians de Vanderlei Luxemburgo venceu por 2 a 0 e viu a Vila

Belmiro virar uma praça de guerra, com bombas e fogos de artifícios sendo

arremessados no gramado.

O cenário de caos obrigou os jogadores do Corinthians a correrem para o vestiário e os do

Santos a ficarem no centro do campo, protegidos por dezenas de seguranças.

Só um jogador do Santos não foi obrigado a ficar no centro do gramado, sob a proteção dos

seguranças: o goleiro João Paulo.

Ele ficou no banco de reservas ao lado do técnico Odair Helmann, que foi demitido após a

partida. Que, por sinal, não terminou. Foi interrompida aos 44 minutos do segundo

tempo por falta de segurança.

Como medida de prevenção, a Vila Belmiro não poderá receber público nos próximos 30 dias.

O clube não deverá escapar de uma punição maior do STJD.

João Paulo foi o único jogador a receber o apoio dos torcedores santistas.

Depois que a partida foi interrompida, ele deu entrevistas e não defendeu seus

companheiros. De acordo com alguns jogadores do elenco, João Paulo “só limpou a

barra dele” na entrevista.

A atitude do líder e capitão do time foi muito criticada por vários jogadores. Pressionado,

João Paulo já avalia a possibilidade de deixar o Santos na próxima janela de negociações, que

começa em julho.

João Paulo sempre disse que gostaria de ficar no Santos e marcar seu nome na história do

clube. Mas já percebeu que o ambiente ficou ruim para ele por não ter ficado ao lado dos

companheiros no centro do gramado e pensa em sair.

Vai pedir para ir embora na janela de julho. Informações de Portugal dão conta de que o

Benfica vai fazer uma proposta para levar João Paulo.

Uma fonte que convive com o elenco garante que a diretoria protege alguns jogadores e

desprestigia outros.

O volante Vinícius Zanocelo, emprestado ao Fortaleza, era um dos protegidos pelo

presidente Andrés Rueda e integrantes do comitê de gestão.

Lucas Lima e Soteldo também são vistos como jogadores que recebem muito mais afagos da

direção do que os demais.

Na avaliação de parte do elenco, Lucas Lima caiu de rendimento depois que assinou

contrato até 2025. Quando ele retornou ao clube, assinou um contrato de produtividade.

Como fez boas partidas, assinou um novo vínculo.

Soteldo também é visto como um jogador que vive mais no departamento médico do que no

gramado.

Há também quem garanta que Arzul, preparador de goleiros do clube, e muito

elogiado pelo seu trabalho, protege os goleiros João Paulo e Diógenes, em detrimento dos

demais, Vladimir e Paulo Mazoti.


Wladimir Miranda cobriu duas copas do mundo (90 e 98). Trabalhou nos jornais Gazeta Esportiva, Diário Popular, Jornal da Tarde, Diário do Comércio e também na Agência Estado. Iniciou no jornalismo na Rádio Gazeta. Trabalhou também na TVS, atual SBT. Escreveu dois livros,de grande aceitação no mercado editorial: O artilheiro indomável, as incríveis histórias de Serginho Chulapa e Esconderijos do futebol.

Comments


bottom of page