• Futebol em Rede

O enorme desafio de Solari no Real Madrid

O treinador argentino Santiago Solari ( Foto – rtp.pt ) conseguiu ser campeão do mundo com o Real Madrid. O time espanhol, mesmo em baixa, era melhor do que os adversários e foi fácil. A equipe ainda não recuperou prestigio e bola após as saídas de Cristiano Ronaldo e Zidane. Para piorar, Modric não despertou da Copa do Mundo e vários jogadores passam por fase difícil. Os resultados são até melhores do que com o antecessor, mas o Real Madrid não encontrou uma formação ideal. Entre os problemas do treinador está Marcelo. O brasileiro foi bem no Mundial de Clubes. Nunca foi um especialista defensivo, mas tem habilidade suficiente para desequilibrar no ataque com criação e finalização. A falta de cobertura derruba Marcelo e os erros irritam os torcedores que acompanham o namoro de Cristiano Ronaldo para levá-lo para a Juventus. Colocar um jogador desse porte no banco de reservas só aumenta a dor de cabeça. Ajusta a marcação ou negocia o jogador. A fase defensiva pesa muito no momento. É a pior defesa entre os melhores do Campeonato Espanhol. O erro está na marcação e na má fase de alguns jogadores. Entre eles o brasileiro Casemiro que ainda se recupera de lesão. A criação no setor caiu. Isco manquitolando é melhor do que Lucas Vasquez. Ceballos tem pressão histórica para jogar, mas ainda não encaixa na equipe. No ataque, Bale convive com contusões e Vinicius Júnior vai aparecendo aos poucos. Benzema perde mais gols do que faz. O jeito para Solari acertar o time passa por mudança no meio campo. Ele precisa de sorte para contar com Kross e Modric em fase melhor. O desafio é enorme, tirar cinco pontos de diferença do Atlético de Madrid até o confronto direto, antes de iniciar a fase eliminatória da Liga dos Campeões contra o Ajax. Entrar na Liga, longe do segundo lugar no Espanhol, será uma pressão enorme. O prazo para Solari não correr risco é ajeitar tudo até o duelo contra o Barcelona em março.

#RealMadrid