top of page
  • Foto do escritorFutebol em Rede

O ÍDOLO E OS VEXAMES


A fase do São Paulo anda tão ruim, que o ídolo do torcedor fica no banco de reservas, Rogério Ceni ( Foto – Esportes R7 ). O problema é que no banco, como treinador, o grande ídolo não consegue convencer. É a segunda passagem dele como técnico do clube e até agora, só vexames. A culpa não é só dele. O elenco não ajuda. O time é fraco e as contratações são bem abaixo do nível do clube. Para piorar, departamento médico lotado virou a regra. Está cada vez mais difícil a vida do ídolo no banco de reservas.


Rogério Ceni é bom treinador. Campeão no Fortaleza com baixo investimento e ótimo custo benefício. Campeão no Flamengo, com ótimo elenco, dinheiro e revelando jogador como João Gomes. No São Paulo chegou em duas decisões. Paulistão com goleada para o rival Palmeiras e Copa Sul-Americana perdendo para o Independiente Del Valle. Porém, o vexame de ser eliminado pelo Água Santa no Paulistão deste ano, complica uma justa analise do trabalho.


Outro ídolo acaba questionado com os insucessos do time. Murici Ramalho, que só perde para Telê Santana como treinador do São Paulo. Anunciado como Coordenador Técnico, pouco aparece e as questionáveis contratações nunca recebem o aval ou aprovação pública do ídolo. Quem mantém o veterano Rafinha no elenco? Quem segura Gabriel Neves? Quem é o responsável por Orejuela? Duvido quer Murici Ramalho ache Wellington Rato melhor jogador do que Gabriel Sara ou Igor Gomes.


Sim, o São Paulo está em situação financeira difícil. Por isso mesmo, não pode arriscar com contratações duvidosas. Não pode errar. Contratar André Anderson que virou pastor de igreja é um erro. Pedrinho com problemas fora do campo, Erison, Alisson, David, Marcos Paulo e tantos outros, só para compor elenco. Faz anos que o São Paulo não consegue um goleiro que imponha respeito. Era melhor gastar com quem resolve do que trazer uma cesta de apostas ou jogadores questionáveis. Ter seis volantes e cinco laterais pela direita, só prova que montar o elenco não segue nenhuma lógica.


Os erros estão pressionando grandes ídolos do clube como Rogério Ceni e Murici Ramalho. A lista de vexames está aumentando e com o elenco atual, não seria absurdo, imaginar o risco de rebaixamento no Brasileiro que se aproxima. Estar na Copa do Brasil 2024 já é difícil, imagine sonhar com título da Sul-Americana neste ano. O torcedor, sem explicação, abraçou o time. Lota arquibancadas e acredita em milagres.


Chegou a hora de arrumar a casa. Chega de trazer jogador para compor elenco. Alguém resgate o Departamento Médico, outrora exemplo de competência, hoje um buraco negro. O São Paulo precisa valorizar Murici Ramalho como coordenador, fazer valer sua voz em contratações. Rogério Ceni tem uma história fantástica no clube, não pode ser assado pela falta de opções no elenco. Os recentes vexames colocam em risco, ídolos do São Paulo e a fé da torcida.

Comments


bottom of page