• Futebol em Rede

NOVOS PRESIDENTES E NOVAS ESPERANÇAS


O São Paulo FC e o Santos FC elegeram novos presidentes.

Júlio Casares, publicitário de renome, professor, é advogado e radialista. Foi superintendente do SBT por 12 anos. É membro do CONAR (Conselho de Auto-regulamentação Publicitária e Conselho Executivo das Normas-Padrão – Cenp). Atualmente diretor de Estratégia e Projetos Especiais da Rede Record.

No São Paulo, integrou o Conselho de Administração do Clube e foi vice-presidente geral na gestão de Carlos Miguel Aidar.

Sintetizando, É DO RAMO !!! Muito diferente do Leco, que NÃO ERA DO RAMO.

Primeiro golaço de Casares, sem dúvida, foi trazer Muricy Ramalho de volta ao tricolor para comandar o futebol. Muricy é extraordinário conhecedor do futebol. Começou na base, subiu para o elenco principal, foi excelente jogador e quando encerrou a carreira virou treinador da base, depois auxiliar técnico e quando assumiu o comando do elenco principal deu muitos títulos ao clube do seu coração. Ganhou vários outros títulos no Internacional, Fluminense e Santos. Após um probleminha no coração, para não ficar longe do futebol virou comentarista da Globo e SportTV. Também brilhante nessa função.

No projeto de Casares está o Morumbi Concept Hall, com vários estabelecimentos comerciais e de alimentação no anel inferior do estádio. Pretende ampliar o número de sócios torcedores. Manter nos jogos de mando 8 mil ingressos no setor popular. Criar a categoria de “sócio à distância”. Está herdando dívidas superiores a R$ 500 milhões, que tentará zerar nos seus 3 anos de mandato. Boa sorte e bom trabalho a ele e sua equipe.

No Santos FC, Andrés Rueda foi eleito presidente. É outro empresário de sucesso assumindo um clube dos mais importantes e famosos do Brasil e do Mundo. Curiosamente, está no estatuto santista que os números de votos obtidos nas urnas ficaram no índice que a chapa de Conselheiros eleitos é toda ela composta pelos candidatos ao Conselho da sua chapa.

Rueda é empresário de sucesso, matemático com especialidade em engenharia de sistemas. Recentemente, pagou dívida do clube junto à FIFA para que o Santos não sofresse punições que seriam catastróficas.

No seu primeiro pronunciamento após ser eleito foi cirúrgico ao informar que irá lutar para acabar com o câncer que está matando o futebol: JOGADORES GANHANDO MUITO (fora da realidade do nosso futebol), EMPRESÁRIOS E DIRIGENTES GANHANDO MUITO e os CLUBES AGONIZANDO, quase todos endividados.

Tomara que ele encontre caminho e outros dirigentes para meterem o dedo nessas feridas e cicatrizá-las.

De um modo geral, com raríssimas exceções, poucos clubes (raros) estão fora desse contexto.

Nas suas primeiras declarações enfatizou o DNA santista: formar jogadores na base, revelá-los e promovê-los sem receio de lançá-los no time principal. Sabe também que esse trabalho rende ao Santos, tradicionalmente, grandes receitas negociando-os com clubes de outros países.

Desejamos a ele e à sua equipe de direção todo o sucesso. O Santos tem um Comitê de Gestão com sete membros sem remuneração. Um colegiado que ao lado do presidente do clube e o vice-presidente tomam as principais decisões em todas as áreas da administração do Santos FC.

Boa sorte aos dois recém-eleitos, Júlio Casares e Andrés Rueda.

Um abraço E BOAS FESTAS !!!

Lucas Neto