• Futebol em Rede

Novela Dudu agita o Palmeiras


A vida pessoal do atacante Dudu do Palmeiras ( Foto – Divulgação ) anda agitando o torcedor. Ídolo para muitos, melhor jogador da equipe em vários momentos, sempre às voltas com propostas e “injustiçado” nas convocações da seleção brasileiras. Dudu provoca reações apaixonadas dentro do campo e fora dele, também. O escândalo familiar, que viralizou com a divulgação das partes de vídeos e boletins de ocorrência, aponta uma dramática decisão. Liberar o jogador.


Dudu é jovem, só 28 anos. Tem lenha para queimar e espaço no futebol do Palmeiras ou até de mercados importantes da Europa. Desde o famoso “chapéu” nos rivais para defender o Palmeiras, Dudu desperta paixões. Com boas passagens por Cruzeiro e Grêmio, foi no Palmeiras que Dudu desabrochou. Campeão da Copa do Brasil e bicampeão brasileiro. Em campo é inegável o seu talento e justificável o sentimento de que poderia ser testado melhor na seleção principal.


Aspectos pessoais devem ser levados em consideração. Nos bastidores, sempre surgem sondagens para ele deixar o Palmeiras que forçam uma valorização financeira e sobrecarrega o cofre do clube. Os problemas matrimoniais, só reforçam a ideia de que uma transferência aliviaria a tensão provocada. Tudo junto cria uma novela com capítulos de puro suspense e drama. Quase uma tragédia para um jogador que já rodou no exterior, Dínamo de Kiev, e que sempre prometeu voar alto e não saiu conseguiu ultrapassar a linha que separa bons jogadores de craques reconhecidos.


Os problemas matrimoniais, que deveriam ser tratados com reserva, são públicos faz tempo. Em 2013, em Goiânia, Dudu sofreu acusações de agressão. Liberado após fiança, jurou que era um mal-entendido. Hoje, situação agravada por uma separação, o escândalo ficou insustentável. Perdem jogador, Palmeiras e o torcedor. Não é a primeira vez que um atleta talentoso tem a carreira abalada pelo extra campo.


Promessa do Palmeiras à parte, liberar o jogador se proposta chegar a 13 milhões de euros, Dudu e o clube estão numa situação delicada. Jogar no Qatar pode ser ótimo para o bolso, mas é uma saída pelos fundos. Pior, se o clube comprador pesar a situação matrimonial, pode custar caro. Além de não ser vendido, será sempre questionado pelo escândalo e pode virar um pesado fardo para o Palmeiras. Novela desagradável em todos os sentidos.