• Futebol em Rede

Noite de fortes emoções no Mineirão

Noite de fortes emoções. O Mineirão viveu um jogo incrível e tenso entre Cruzeiro e Fluminense. Primeiro de tudo, a partida superou todas as expectativas. O Fluminense não se intimidou, saiu na frente graças a um pênalti absurdamente bobo de Dedé que o VAR reconheceu. Além disso, o VAR foi um dos protagonistas. Viu invasão na primeira batida de Ganso que Fabio defendeu e Luciano marcou. Depois, dedurou o pênalti de Caio Henrique que originou o gol de pênalti de Thiago Neves ( Foto ).

Thiago Neves foi o homem do jogo. Porque, marcou o gol de empate do Cruzeiro de cabeça. Deu uma caneta em Ganso fantástica. Fez o gol de desempate de pênalti e decidiu a classificação mineira batendo o último pênalti da decisão. Da mesma forma, o goleiro Fabio também mereceu destaque. Fez uma defesa fantástica numa cabeçada de Ganso quase no final do jogo, sofreu o gol de bicicleta de João Pedro que levou a decisão para os pênaltis e pegou o pênalti batido pelo mesmo João Pedro.

Acima de tudo, foi um jogaço. Tenso até os últimos segundos. Com gol de bicicleta, pênalti perdido por Sassá no tempo normal, caneta entre craques, VAR e bolas na trave nos pênaltis. Certamente, os torcedores saíram do estádio empolgados com o que viram. O Cruzeiro segue na competição e se fosse o Fluminense o classificado, ninguém iria reclamar. Assim, vale a pena pagar ingresso e lotar estádio. Foi o melhor jogo da Copa do Brasil até aqui. Tomara se repita.

#cruzeiro