• Futebol em Rede

Nocaute inquestionável


Nocaute inquestionável do Flamengo no Grêmio em plena semifinal da Libertadores. Golear o adversário nessa situação, 5 a zero, não deixa margem para dúvidas. O Flamengo é melhor. Jorge Jesus ( Foto – Marcelo Cortes/CRF ) ganhou nota dez no quesito evolução, alegorias e fez um carnaval exclusivo para o torcedor rubro-negro. Foi um “Jesusfolia” de arrasar.


O desfile do Flamengo no Maracanã foi impressionante. Começou evoluindo no primeiro tempo até o gol de Bruno Henrique. A apoteose no início do segundo tempo foi o gol de Gabriel. O pênalti de Geromel implodiu o time gaúcho. Pablo Mari e Rodrigo Caio usaram a cabeça e a homenagem de Everton Ribeiro dando a faixa de capitão para Diego foi digno de um roteirista experiente.


O Flamengo assume de vez o favoritismo na final da Libertadores. Após o jogo, manchete dos argentinos diz tudo, “dá medo”. Quis o destino que o provável adversário numa final mundial, fosse novamente o Liverpool. O mesmo adversário de 1981. Trinta e oito anos de espera para vencer outra Libertadores e buscar outro Mundial. Nunca imaginei dizer isso, obra de Jesus. O treinador português entrou para a história do Flamengo e do futebol brasileiro, parabéns !!!!