• Futebol em Rede

Nasce o Amazônia Independente FC


O Pará acaba de ganhar mais um time de futebol: o Amazônia Independente FC, de Santarém (PA), teve suas inscrições na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Paraense de Futebol (FPF) confirmadas na terça-feira (22 de junho) e passa a trabalhar oficialmente para viabilizar participação na Segunda Divisão do Campeonato Paraense, já neste ano, com a possibilidade de buscar uma vaga na elite estadual.

E não será apenas no profissional que o time fundado por Walter Lima, nome conhecido do futebol paraense, graças aos excelentes trabalhos executados como treinador. “A ideia é ter a equipe profissional e o quanto antes disputar o Campeonato Paraense da 1ª Divisão, tendo a oportunidade de jogar contra os grandes do estado. Mas, iremos dar grande atenção ao trabalho de formação”, explicou.

“Tanto é que pretendemos ter um polo de base em Santarém e outro em Belém, além de criar franquias em outros locais para expandir mais o trabalho formativo”, acrescentou. “Estou muito feliz, pois a ideia de oficializar a equipe nasceu no final do ano passado e as coisas evoluíram muito bem, até que se tornou realidade”, complementou Lima.

Além das atividades esportivas, o Amazônia Independente FC carregará paralelamente consigo ao longo de sua existência questões ambientais ligadas à Amazônia, seu povo e sua diversidade, flora e fauna, além da preservação e liberdade do seu povo. Isso fica evidente nas escolhas das cores dos seus uniformes, escudo e mascote: Verde (fauna e flora), Azul (união e liberdade), Preto (clamor e lamento), Estrela (luta dos indígenas pelas suas terras) e o Muitaquitã (símbolo maior do artesanato da região e da crença).

“Unindo o futebol e conscientização sobre a importância de cuidar das riquezas naturais e culturais da região, a meta do Amazônia Independente FC é trilhar um caminho bonito, mostrando o trabalho que vamos executar dentro das quatro linhas e também deixar a nossa mensagem de cuidados com a Amazônia ao maior número de pessoas”, finalizou Walter Lima.