• Futebol em Rede

Massificação do basquete passa obrigatoriamente pelas escolas


O técnico Alexandre Escame, que comanda o Cravinhos Basketball, acredita que para auxiliar na massificação do basquete, seja necessário realizar um trabalho mais intenso e mais profundo nas escolas, que podem ajudar na iniciação do garoto na modalidade. Exemplo que essa ação dá resultado é o COC, que hoje se chama Escola SEB e tinha uma excelente e vencedora equipe de alto rendimento, mas realizava também um trabalho muito bom nas suas intuições de ensino e na formação, com vários atletas oriundos da base sendo utilizados na equipe principal.

Até hoje, a Escola SEB promove esse trabalho de iniciação esportiva em todas as modalidades. “Acredito que se houvesse mais ações como essa dentro das escolas, teríamos uma gama maior de novos atletas surgindo, o que auxiliaria bastante na formação e também na busca da qualidade, ou seja, dos novos talentos”, comentou Escame, relembrando que há pouco tempo, a Escola SEB sagrou-se bicampeão Estadual e Brasileiro Escolar.

E a formação de novos atletas está mesmo no sangue de Alexandre Escame. “Sigo trabalhando com iniciação e formação na Escola SEB e também no Cravinhos Basketball, aonde temos um trabalho de base atuante, que já rendeu frutos, com alguns garotos que foram lá revelados e hoje atuam em equipes tradicionais do nosso basquete”, relatou o treinador.

“O trabalho em Cravinhos sempre foi sério, com total dedicação e apoio total da Prefeitura Municipal e também dos patrocinadores locais, sem falar no grande idealismo do diretor de Basquete, Fausto Ravagnani. E, claro dos grandes atletas que vestiram a nossa camisa com muito amor e dedicação; tenho grande admiração e respeito por todos eles”, acrescentou Escame.

O técnico Alexandre Escame detém um currículo sólido no basquete. Ao longo de sua vitoriosa carreira, comandou o COC/Ribeirão Preto (base feminina e masculina); Barretos Basquete (base e adulto femininos), Sertãozinho Basquete (iniciação feminina) e Cravinhos Basketball (base masculina e adulto masculino).

Com trabalho referencial e de qualidade, que são marcas importantes do dia-a-dia de Escame, alguns láureos foram conquistados ao longo de sua carreira: eleito três vezes o melhor técnico do ano pela Federação Paulista de Basketball (FPB) e eleito melhor técnico do Campeonato Brasileiro pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB), em 2019.

Entre os títulos, a lista é extensa: bicampeão Paulista pela FPB, bicampeão Paulista Escolar e bicampeão Brasileiro Escolar (COC/Ribeirão Preto); bicampeão Paulista pela FPB, tricampeão Paulista Escolar, tricampeão Brasileiro Escolar, bicampeão Brasileiro – representando o estado de São Paulo, campeão dos Jogos da Juventude, Campeão da Copa São Paulo, vice-campeão do Campeonato da Língua Portuguesa, quinto colocado no Mundial/Turquia e sexto colocado no Mundial/França (Barretos Basquete); terceiro colocado do Campeonato Paulista Sub-17 em 2018, vice-campeão Brasileiro Adulto em 2019, vice-campeão Jogos Regionais Adulto em 2019 e vice-campeão dos Jogos Abertos do Interior Adulto em 2019 (Cravinhos Basketball).