• Futebol em Rede

MARINHO É O CARA


O reencontro de Sampaoli com o Santos foi amargo para o treinador argentino. O Santos de Cuca venceu, com méritos, e sem contar com vários jogadores de defesa. Além da estratégia bem montada por Cuca, quem fez a diferença foi Marinho ( Foto – Divulgação ), uma arma fatal. Esse Sampaoli não conseguiu tirar do Santos. Marinho implodiu o Atlético MG e disputa a artilharia da competição. Ele é o cara!


Marinho começou o estrago numa arrancada que causou a expulsão do goleiro Rafael. O veterano goleiro Vítor entrou e tomou um frango no chute de Arthur Gomes. Marinho continuou perturbando e numa boa jogada de Madson, fez o seu primeiro gol. Não parou aí. Marinho disputa a bola com Junior Alonso e o zagueiro faz pênalti. Pênalti em Marinho. Marinho bate e liquida a fatura. Sampaoli deve estar lamentando não tirar Marinho do Santos.


Fator Marinho à parte, Cuca montou muito bem o time. Madson provou ser melhor do que Pará na direita. Mesmo com problemas para escalar a zaga, os garotos que entraram (Alex, Wagner e Derik) merecem novas oportunidades. Verdade que Sanchez e Soteldo ainda não rendem o que deveriam render. Mesmo assim, Cuca tirou o que pode do time para vencer Sampaoli e justificar a alegria da diretoria do clube no reencontro em campo.


Marinho está reclamando menos em campo. Decidindo jogos e fazendo gols como nunca. Antes tarde do que nunca. Com trinta anos já rende pelo Santos, o que rendia pelo Vitoria no seu melhor momento. Está deixando de ser coadjuvante. Evoluiu na Vila Belmiro. Está controlando os nervos em campo. O Santos e o torcedor agradecem e esperam que a fase do Marinho dure muito tempo.