• Futebol em Rede

Invencionice de Sampaoli


Invencionice de Sampaoli ( Foto – Ivan Storti ) mais uma vez não deu certo. O Santos ficou no empate sem gols diante do fragilizado Internacional em Porto Alegre. Pode até ser coincidência, mas é só o treinador escalar três zagueiros e o time empaca. Acima de tudo, deve ser filosofia de jogo do argentino. O problema é que dá errado sempre.


Ao colocar Victor Ferraz no meio campo, Sampaoli perde a jogada de aproximação com Martinho na direita. O lateral cerca no meio campo e não marca. Perde também agilidade na saída de bola. Cria risco maior no mano a mano com o ataque adversário e sobrecarrega o meio com a cobertura da defesa. Para ter chance do esquema tático dar certo, é necessário uma longa sequência e isso nunca acontece.


Sampaoli tem méritos de levar o Santos com o atual elenco ao ponto que está no Brasileiro. Briga por vaga na Libertadores. O elenco é limitado em opções. Os jogadores se esforçam. Porém, contrariar a máxima de que, em time que ganha não se mexe, é dançar coladinho com o azar. O que deu certo contra o Palmeiras sumiu. O argentino tirou da cartola outra forma de jogar e o resultado foi decepcionante.