• Futebol em Rede

Inacreditável bagunça na Argentina

Inacreditável bagunça. Essa é a melhor definição da seleção argentina na Copa América. Além disso, um time que tem o melhor jogador do mundo não pode ter como destaque em campo o goleiro. Acima de tudo, Armani salvou a seleção de um desastre, defendendo pênalti e foi o melhor em campo. Parece que, nem a ajuda externa é capaz de salvar a seleção. O VAR apontou um pênalti duvidoso e Messi ( Foto ), empatou. Foi pouco.

Certamente, nem o mais fanático torcedor rival, imaginaria uma seleção argentina tão impotente. Enquanto Messi, desesperado tenta pelo menos ficar com a bola, o resto do time não ajuda. Não há plano de jogo. A bola chega quadrada nos pés do melhor jogador do time. Da mesma forma, vivem Aguero e Di Maria. Jogadores conceituados, mas que nem conseguem ver a cor da bola. Faz tempo que a defesa é uma tragédia e continua a mesma. Como resultado, decepção e impotência.

Nos últimos tempos, quando o assunto é seleção argentina, a conclusão é a mesma. Impotência. Messi não brilha e nada dá certo. Primeiro de tudo, falta comando. Na Copa do Mundo crise com o treinador Sampaoli. Na Copa América crise e quase insubordinação com o treinador atual. Ninguém respeita o treinador. Outros treinadores desprezam assumir a seleção. Acima de tudo, o problema da equipe está na falta de respeito ao comando. Parece que, cada um faz o que acha melhor e vira bagunça. Inacreditável ver um time com Messi fazer tanta lambança.

#Argentina