• Futebol em Rede

GALO CISCADOR


O Atlético MG perdeu de virada um jogo improvável, Bahia 3 a 1, deixou escapar a chance de permanecer na liderança do Campeonato Brasileiro e após o jogo, viu Jorge Sampaoli ( Foto – Divulgação ) sem explicações para o resultado. O treinador argentino aprendeu desde sua chegada ao Brasil. Corrigiu a trágica ideia de jogar com uma linha de três aberta na defesa quando está sem a bola. Agora precisa aprender que seu time é ciscador.


Com o jogo dominado, fácil, o Atlético MG provocou a derrota por não acertar o alvo. Cria situações de gol, mas não possui um homem de área, matador. Até parece que Sampaoli se inspirou no Liverpool. Usa seus atacantes abertos em diagonal para chutar no gol adversário. Sasha faria a função de Firmino. Porém, sem a mesma capacidade de ver o jogo e sem criação. Acaba fazendo número no ataque. O time precisa de um finalizador. Cisca o tempo todo e não tem quem mande a bola para a rede.


Espelhar o Liverpool no ataque, não vai dar certo. O time inglês tem os atacantes abertos com fome de gol. São finalizadores e o nível técnico é muito superior aos bons Keno e Samarino. Sasha é um figurante, nada mais do que isso. O Galo precisa de um homem gol. Não dá para criar vinte chances de gol e aproveitar uma. Sampaoli precisa entender uma lei bem brasileira, quem não faz toma. Contra o Bahia, tomou três.


Sampaoli evoluiu no setor defensivo. Aprendeu a compor a última linha. Arriscava com três jogadores abertos sem a bola na última linha e conseguiu compor um quarto elemento. Seu maior mérito no Galo está no meio de campo. Lota o setor, inclusive com os laterais fechando em diagonal para ocupar espaço e forçar o erro do adversário. Rouba muitas bolas assim e pressiona o rival o tempo todo.


Hoje o Atlético MG está na briga por um título que não vê faz décadas. O time é bom, mas precisa corrigir finalização ou arrumar um homem de área para ter chance de título. A defesa ainda está exposta e os adversários começam a entender o estilo defensivo de Sampaoli. O maior defeito da equipe precisa ser corrigido. Time ciscador não define jogo e abre as portas para o adversário como aconteceu contra o Bahia.