top of page
  • Foto do escritorFutebol em Rede

FAZ GOL, TIRA A CAMISA, MULTA: PERDE O “BICHO”


Olá amigos do Futebol em Rede


É irritante essa estupidez e a falta de profissionalismo dos jogadores que fazem um gol e comemoram tirando a camisa. Todos eles sabem que ao tirar a camisa em qualquer circunstância, serão advertidos com o “cartão amarelo”.


O Paulinho, no jogo Corinthians 3 x 1 Santo André, na última rodada da fase de classificação do Paulista, fez um gol (o primeiro do seu retorno após longo tempo de recuperação), vibrou muito, claro. E tinha razão para isso.

Todavia, como é moda – moda que incomoda –, para comemorar tirou a camisa, jogou-a para o alto e recebeu o cartão amarelo. Isso é comum de se ver nos nossos jogos, infelizmente.


Ao fazer um gol, todos sabem, as câmeras de televisão, dos fotógrafos, registram essa comemoração. Consequentemente, sendo focalizados, aparecerão nesse registro AS LOGOMARCAS DOS PATROCINADORES, aqueles que ajudam os clubes a aumentarem as suas receitas para todas as despesas que envolvem o clube.

Entre estas despesas, estão os salários dos atletas e os seus, quase sempre, polpudos prêmios.


Então, aqui cito, antes de uma sugestão aos patrocinadores e aos clubes o exemplo de profissionalismo dos pilotos das diversas corridas de automóveis de todas as categorias.

Eles, pilotos, saem dos carros, tiram os capacetes e imediatamente colocam os bonés com as logomarcas dos patrocinadores, que ficarão expostas em todas as imagens de mídia, no mundo inteiro. É o retorno do investimento dos patrocínios.


Lembro aos atletas que essa “graninha” irá garantir os seus salários e as suas despesas, boa vida, etc...

Minha sugestão, por mais antipática que possa parecer:

TIROU A CAMISA, PERDE O BICHO.

Essa sugestão é endereçada também aos patrocinadores. Coloquem essa cláusula nos seus contratos com os clubes. E que esse dinheirinho (dinheirinho?) seja revertido em caridade.

No mundo da bola, nos meus já 64 anos de atividade profissional, conheci jogadores que iam comemorar os seus gols na frente de placa de patrocinador das mesmas. Alguns até dividiam esse “cachê” com os companheiros.

Fica aí a sugestão.

Para finalizar, o clube também é prejudicado, pois poderá perder o atleta em uma partida quando levar 3 amarelos. Embora há que se reconhecer que o “amarelo” poderá ser levado de caso pensado conforme interesse do clube e a tabela de jogos.


Um abraço.

Lucas Neto



Comments


bottom of page