• Futebol em Rede

Falha que compromete


Falha que compromete. Dessa forma o torcedor entendeu o erro do goleiro Cássio diante do Fluminense, em Brasília. Cássio ( Foto – Daniel Augusto Jr ) salvou o Corinthians em inúmeras oportunidades. Certamente, será perdoado pela falha. A derrota, 1 a zero, encerra uma série de bons resultados. Porém, não pode tirar o time do trilho. Erros acontecem.


Primeiro de tudo, o Corinthians era melhor no jogo. Criou e teve bola na trave a seu favor. O garoto Janderson, 20 anos, veio do Joinville, fez boa estreia. Mais digno de nota, o erro de Cássio desestabilizou até o treinador. Carille encheu de atacantes a equipe no segundo tempo. A criação fixou comprometida com a queda de rendimento de Pedrinho. Virou um bando na direção do gol adversário.


Acima de tudo, esse tipo de reação é que precisa de atenção. O Corinthians perdeu a qualidade em função do erro inesperado do goleiro. Ficou afoito, diante de um adversário que nem pressionou no jogo. Assim, a derrota foi um castigo e não uma punição por um erro fatal. Carille deveria acalmar o jogo. O Corinthians era melhor. Ao jogar tudo no ataque, foi ansioso demais e facilitou para o Fluminense.