• Futebol em Rede

Está na hora de Jorge Jesus agradecer o Flamengo

Está na hora de Jorge Jesus agradecer o Flamengo. O clube campeão da América e do Brasil lhe deu todas as condições. Deu bons jogadores, um bom salário e um ótimo lugar para trabalhar. Se hoje Jorge Jesus é uma estrela em nível internacional e voltou a ganhar espaço até nas mídias da Europa, se deve ao Flamengo.



Antes do Flamengo, Jorge Jesus era um bom técnico de segundo, e quiçá terceiro escalão, do futebol europeu. Nunca dirigiu um grande lá. Teve sucesso em Portugal, cujo futebol não representa o primeiro nível europeu. Esteve na Arabia e seus agentes queriam que ele aceitasse uma proposta de um time médio da Inglaterra. Não queriam o Flamengo, mas ele viu boas chances de recuperar seu prestígio e deu o tiro certeiro.



Chegou contrariando tudo e quebrando tabus. Não fez a tão defendida pré-temporada, chegou no meio da nossa temporada. Tropeçou no começo, aprendeu rápido, respeito os adversários e foi armando seu time. O Flamengo lhe deu dois ótimos laterais, um bom zagueiro indicado por ele, um volante/armador e ele tocou o resto. Muitos dizem que com o Abel Braga esse time não andava. É injustiça com Abel. Não é o mesmo time do tempo do Abel.



Jorge Jesus queria um centro-avante de ofício e o Flamengo tentou até Balotelli, mas não deu. Teve que se virar com Gabgriel/Gabigol e Bruno Henrique se revezando na cara do gol adversário e deu certo. Nunca fizeram tantos gols como nessa temporada e viraram jogadores de Seleção Brasileira.



Desmentiu o "mantra" da Imprensa Brasileira que técnico Europeu gosta de poupar jogadores e precisa de dois times para suportar a maratona de jogos. Com ele jogador joga. Descanso no dia de jogo nem pensar e provou que estava certo. Eu sempre entendi dessa forma. Os bons sempre jogam. Revezamento é para os menos votados. Vê se vai poupar um Messi, um CR7, todo dia? Isso era mesmo um grande lenda. Obrigado, Jesus, por mais essa lição.



Isso posto, é bom dizer que Jorge Jesus fez um grande trabalho, mas o Flamengo lhe deu tudo e muito mais. Se está sendo ovacionado por onde passa e lembrado até para Seleção Brasileira, deve muito disso ao Flamengo.



O Flamengo lhe deve muito também por ter acertado a equipe tão rapidamente quebrando recordes atrás de recordes. Mas duvido que teria tal reconhecimento se ficasse na sua velha Europa tentando achar um lugarzinho para mostrar que ainda tem competência para dirigir um time de futebol.



Hoje pode dizer de cabeça erguida que está entre os melhores técnicos do Mundo. Se vencer o Mundial vira santo Rubro-negro. Será canonizado. É o que penso.