• Futebol em Rede

Empate desastroso para seleção

A seleção brasileira decepcionou e empatou com o fragilíssimo Panamá, 1 a 1, em Portugal. Empate com sabor de derrota. O Panamá jogou a última Copa do Mundo, foram três jogos e três derrotas, com direito a uma goleada para a Inglaterra por 6 a 1. Para piorar, o adversário que não ganha de ninguém, faz tempo. Foi um resultado para envergonhar, jogadores e comissão técnica da seleção brasileira. O time brasileiro produziu pouco. Phillipe Coutinho ( Foto – meionorte.com ) teve uma participação preocupante. Não anda jogando bem no Barcelona, na seleção foi pior ainda. Tite errou em mantê-lo em campo até o final. A queda de rendimento do jogador é absurda. Não deveria ser chamado até recuperar sua condição técnica. Jogador em baixa não pode ser aposta de treinador na seleção brasileira. Não joga, não é titular no clube, não pode ocupar espaço numa seleção, no mínimo é uma injustiça com quem está jogando. Tite só mexeu errado durante o jogo. As saídas de Paquetá e Firmino foram incoerentes pelo que os dois faziam em campo e os que entraram, nada acrescentaram ao jogo. A defesa não acompanhou o panamenho Machado no lance do gol deles. Estava impedido. Porém, a falta de reação no lance foi terrível. Alex Telles do Porto, pode até ter virtudes, nem foi tão ruim no jogo, mas chama-lo e deixar de fora Renan Lodi do Athlético Paranaense é desconfortável e dá margem para especulações. O empate mancha a imagem de Tite na véspera da Copa América que será disputada no Brasil. Obriga o treinador e a própria seleção a reagir rapidamente. Amistosos contra equipes muito abaixo do nível da seleção brasileira é uma imbecilidade. Venceu, bateu em bêbado. Não venceu, tragédia. O empate contra o Panamá só trouxe problemas para a seleção. Sair dessa situação vai exigir mais criatividade de todos, desde a direção na escolha de adversários até aos jogadores em campo.