• Futebol em Rede

E o “VAR” do Felipão funcionou

Felipão chorou tanto ultimamente que o “VAR” resolveu mudar de lado. Sim, porque para ele o VAR estava contra ele. Aliás, ele chegou a dizer que depois que se aposentar da carreira de técnico vai denunciar muita coisa nesse negócio de arbitragem, ou VAR, o que queiram. Na verdade, devia denunciar já e ajudar o futebol.

Fazer ameaças tentando tirar proveito em jogos futuros não é bom e nem é do seu feitio, se bem que Felipão sempre gosta de causar para ter um adversário imaginário fora do campo e usar isso como motivação para seus comandados. Às vezes dá certo, às vezes não. Mas indiscutivelmente é um técnico vencedor e que merece nosso respeito. Cada um tem seu Modus Operandi.

Depois das caras e bocas mostrando protesto no empate, em Novo Horizonte, eis que no jogo da volta o VAR fez tudo direitinho. Pelo menos para a visão Scolariana. Deu um pênalti, que para muitos foi discutível, para mim não, portanto estou com Felipão, o VAR acertou nesse lance.

Mas o VAR deve ter se lembrado das ameaças de Novo Horizonte e deixou passar a agressão de Felipe Melo. Podia levar amarelo, levar vermelho, e como era lance disciplinar o dito VAR tinha que ajudar o árbitro, que com vistas grossas ou finas, não viu a agressão do volante ao jogador do Novorizontino. As câmeras mostraram direitinho. Será que essa imagem a FPF não tinha?

Quanto a Felipe Melo, a exemplo do seu xará superlativo Felipão, ele tem o seu jeito. É rude, grosseiro quando quer, é bom jogador, sabe jogar futebol mesmo, faz gol de vem em quando, como fez nesta terça-feira, mas de quando em vez resolve lutar boxe, MMA, jiu jitsu ou briga de rua mesmo. Quando o árbitro vê acaba expulso e prejudica o time. É incrível porque pela bola que joga podia se comportar melhor. Mas está velho demais para mudar e tem gente que gosta assim. Então deixa estar.

#novorizontino #felipemelo #Felipão #palmeiras #VAR