• Futebol em Rede

Disparou o alarme


Disparou o alarme no Corinthians. Os sinais de desgaste de Fabio Carille ( Foto – Daniel Augusto Jr ) são evidentes. Além dos cinco jogos sem vencer, há risco da equipe na briga por vaga na Libertadores. O desempenho caiu assustadoramente. Erros acontecem com muita frequência. Na derrota para o Cruzeiro, dois erros bobos e fatais. É hora de avaliar os riscos.


Fabio Carille é bom treinador. Fez história no Corinthians, saindo de auxiliar técnico e construindo seu espaço com vitórias e títulos. Não está em jogo a sua capacidade. O problema está no desgaste. Carille seguiu uma forma de jogar. Deixou o clube e voltou com a mesma ideia de jogo. As poucas mudanças no elenco não surtiram efeito e a fórmula mágica cansou.


Num longo trabalho, os sinais de desgaste ficam latentes. Mudar muita coisa no time entre um jogo e outro, indica perda de controle. Isso está acontecendo faz tempo. Erros inacreditáveis e a falta de reação, são reflexos de falta de confiança. Chamam a atenção a irritação do treinador, expulsão e o descontrole. Não haverá saída para Carille se ocorrer uma derrota por placar ruidoso ou o time ficar fora da Libertadores.