• Futebol em Rede

Conquista importante para Tite

Conquista importante para Tite e sem contar com Neymar. Além disso, ganha a Copa América dentro de casa, dará ao treinador confiança para seguir o trabalho na seleção brasileira. Ainda mais, sendo campeão invicto. Verdade que não empolgou, não encheu os olhos, e que emoção mesmo só no duelo contra os argentinos. Como resultado, a seleção resgata o caneco após 12 anos e mantém a regra de vencer jogando em casa.

Certamente, ficarão algumas marcas nessa conquista. A primeira, Neymar deixou de ser fator decisivo. O jogador celebridade foi cortado por lesão, seguiu sua vida de festas e viu das tribunas que existe vida na seleção sem a sua presença. Que sirva de lição. Gabriel Jesus ( Foto divulgação ) desencantou e foi decisivo. Everton Cebolinha outro destaque. Alisson não decepcionou. Finalmente, Daniel Alves jogou muito e cumpriu com louvor o cargo de capitão da seleção.

Acima de tudo, fica a impressão que é possível competir sem Neymar. Outra, jovens começam a encontrar espaço. Início de uma reformulação necessária para a Copa 2022. Com a obrigação atingida e com menos cobranças, o caminho é aumentar o espaço para os mais jovens. Veteranos precisam de reposição. Thiago Silva e Daniel Alves não estarão na próxima Copa do Mundo. As posições que carecem de alternativas são nítidas. Na lateral esquerda, vaga aberta. Tite deve comemorar e recomeçar o trabalho.

#SeleçãoBrasileira