• Futebol em Rede

Começou o drama na Copa América

Começou o drama na Copa América disputada no Brasil. Como drama é quase uma característica dos argentinos, o início da emoção, foi justamente com eles. Derrota para a Colômbia, em Salvador, 2 a zero. Além disso, Messi ( Foto ) estava em campo para aumentar o peso do resultado. Parece que, a Colômbia é o fantasma predileto de nossos principais rivais. Eles já tomaram uma chinelada de 5 a zero em Buenos Aires, nas Eliminatórias para Copa de 94, um vexame inesquecível.

A Argentina já entrou na Copa América pressionada. Não vence há 26 anos. Messi, melhor jogador do planeta, já ameaçou abandonar a seleção porque no time principal, nunca ganhou títulos e a cobrança por resultados é enorme. Como resultado, o peso de ter em campo Messi torna insuportável a situação e surgem conspirações e comparações de todo o tipo. Do mesmo modo, a camisa da seleção pesa em Messi como chumbo. Ele pode até jogar bem, como fez contra a Colômbia, mas a falta de títulos faz dele o mais cobrado de todos os argentinos.

Para aumentar a dramaticidade da derrota, o primeiro gol colombiano saiu justamente quando a Argentina era melhor em campo. Depois de um início tímido, o time estava se encaixando e veio o desastre. Mais digno de nota, a derrota pode colocar a Argentina no caminho do Brasil antes de uma eventual final. Vai complicar tudo. Como diria o poeta Enrique Discépolo, “o tango é um pensamento triste que se pode dançar”. Neste momento, baila-se tango na Copa América. Um misto de drama, paixão, agressividade e tristeza. Para os argentinos, lógico.

#Argentina