• Futebol em Rede

Citizens supera susto inicial na Liga

O Manchester City do técnico Pepe Guardiola entrou na Liga dos Campeões como um dos grandes favoritos da temporada. Tomou um susto ao perder em casa para o Lyon, mas com a vitória por 3 a zero no Shakthar fora de casa, já recuperou o prestigio. Assumiu a liderança do seu grupo na competição e clareou sua classificação para a fase eliminatória da competição. Líder também na Premier League, volta a assumir a postura de favorito ao título. Chama a atenção que a fase de recuperação do time coincide com a volta do meia belga De Bruyne após período de lesão. Mudou a postura do time. Até o espanhol David Silva ( Foto ) revive seus bons momentos. Contra o Shakthar além do primeiro golo do jogo, acertou duas bolas na trave do adversário e jogando mais adiantado, retornou a ser uma peça decisiva do time. Sem De Bruyne, jogava mais recuado, armando e fora dos lances mais perigosos no ataque. O Manchester City ainda não repete o futebol da temporada anterior, mesmo assim, deve ser temido na Liga dos Campeões. É uma equipe bem trabalhada, com um técnico inteligente e que joga ofensivamente. Sem a bola marca com o famoso 4141 do técnico Tite, mas com a bola fica com três zagueiros e abre o jogo pelas laterais. O fator de desequilíbrio está de volta ao time, o talento de De Bruyne na armação. Ele ainda não está totalmente recuperado após lesão, mas já faz uma enorme diferença.