• Futebol em Rede

Carille ficou insustentável


Carille ficou insustentável no Corinthians após a goleada para o Flamengo, 4 a 1. A derrota era previsível. Um pênalti, no mínimo, duvidoso, fez descarrilhar o treinador. Fabio Carille ( Foto – Daniel Augusto Jr ) fez história no Corinthians. Foi campeão brasileiro e tricampeão paulista. Seu melhor momento foi o primeiro turno do Brasileiro 2017. Um turno invicto, recorde de 14 vitórias e 5 empates.


A má fase do time, oito jogos sem vencer e o risco de ficar fora da Libertadores 2020, foi o pano de fundo do drama que originou a dispensa do treinador. Carille foi a solução ideal do Corinthians após a dispensa de Oswaldo Oliveira. Bom profissional, auxiliar de Tite e Mano Menezes, boa relação com jogadores e apoio dentro do CT. O Corinthians deve muito ao treinador e Carille deve sua carreira ao Corinthians.


A saída de Carille em 2018 para ganhar caminhões de dinheiro na Arábia Saudita, depois de várias tentativas de uma transferência para ser valorizado dentro e fora do clube, foi um risco planejado. Carille levou na bagagem alguns profissionais do Corinthians, até quem era discípulo do presidente. Essa foi a chave para voltar ao clube pouco tempo depois. Porém, sem gozar do mesmo prestígio e confiança.


Bom profissional, ganhou o terceiro título paulista. No entanto, voltou da Arábia diferente. O desafio era mantar a pegada de bons resultados e remontar o elenco. Perdeu a mão e o comando. Sua postura interna mudou. Passou a ser agressivo externamente. A falta de bons resultados piorou o quadro. Carille virou crítico de tudo e de todos. Caiu porque detonou diretoria na construção do time e jogadores pelos resultados.


Por ser cria do clube e bom profissional, vai deixar saudades em parte da torcida. Internamente estava esgotado. Trocar de treinador na atual conjuntura, com falta de tempo para reação, não era o ideal. Porém, não havia outra solução. Perder a confiança dos jogadores e o suporte interno foi uma implosão. Errou ao forçar a primeira saída. Errou ao voltar sem a mesma postura conciliadora nos bastidores. Cedo ou tarde, seu bom trabalho seria questionado. Boa sorte e juízo.