• Futebol em Rede

Campeão com fortes emoções


Campeão com fortes emoções. Esse o Flamengo que derrotou, de virada, o River Plate, em Lima, por 2 a 1. Decisão sofrida, tensa para o torcedor brasileiro. Gabriel Barbosa ( Foto – Divulgação ) foi o herói do título. Fez os dois gols da virada. Gols que saíram quando a esperança do torcedor já virava desespero. Título merecido, justo, pelo conjunto da obra. Sofrido até o último momento pelo bom jogo do River Plate. Uma decisão inesquecível. Parabéns Flamengo. Parabéns River Plate pelo jogo e pela forma digna que encarou a derrota.


Apesar do resultado extraordinário, foi um dos piores jogos do Flamengo de Jorge Jesus. O time sofreu com a marcação eficiente dos argentinos. Errou passes em demasia. Tomou o primeiro gol numa bobeira entre Willian Arão e Gerson. Levou sustos o tempo todo e só reagiu, quando o adversário começava a contar os minutos para o fim da partida. Vale enfatizar, não desistiu do jogo. Era melhor quando saiu o primeiro gol e o gol da vitória, nos minutos finais, matou de vez o River Plate.


Foi a consagração de Gabriel Barbosa, só 23 anos. Faro de gol inquestionável. Igualou o feito de Zico com dois gols numa decisão de Libertadores. Foi seu principal título, nos Jogos Olímpicos, ganhou ouro como coadjuvante. Emprestado pela Internazionale, onde fez um misero gol e pouco jogou, provou ser decisivo e protagonista com a camisa do Flamengo. Entra para a história rubro-negra, do futebol sul americano e justifica espaço na seleção brasileira. Parabéns, Gabigol !!!!!