• Futebol em Rede

Cássio defendeu pênaltis e evitou pressão

O Corinthians sobreviveu na Copa Sul Americana ao vencer nos pênaltis o Racing em Buenos Aires. O herói do jogo foi o goleiro Cássio ( Foto – torcedores.com ). Dois pênaltis defendidos no dia que alcançou Gilmar dos Santos Neves em números de jogos pelo clube. Mereceu sair de campo com o sorriso aberto e cada abraço que recebeu dos companheiros. Não foi a primeira vez e nem será a última que o pegador de pênaltis Cássio, salva o Corinthians. O gaúcho Cássio com seus 31 anos de idade ainda tem muita lenha para queimar. Desde 2012, sua melhor temporada, mantém nível alto. É um dos maiores vencedores do clube e com uma Libertadores e um Mundial conquistado, é o melhor jogador da posição na história. Para a consagração definitiva falta participar de uma Copa do Mundo pela seleção. O histórico de pegar pênaltis e decidir jogos a favor do Corinthians é extenso. Euforia do torcedor à parte, Cássio com suas defesas de pênaltis evita sérios problemas ao clube. Exemplo, o time vai seguir na Copa Sul Americana, passou pelo tradicional Racing, líder do Campeonato Argentino e etc. Com a classificação, quase ninguém notou que o adversário fez os dois jogos contra o Corinthians com uma formação reserva. Em Buenos Aires, foram nove reservas em campo. Uma eliminação deixaria exposto o time e o indiscutível vexame. Cássio resolveu e evitou a pressão.

#corinthians