• Futebol em Rede

Barcelona sofre na reta final


O Barcelona segue vivo na disputa do título na Espanha. Voltou da pandemia na frente do Real Madrid, 2 pontos, deixou encostar e com a vitória diante do Athlético Bilbao, 1 a zero, em casa, consegue respirar na disputa. Rakitic ( Foto – Divulgação ) fez o gol salvador no jogo após a bola espirrar do pé de Messi. Não há motivos para otimismo. O Barcelona tem jogos mais difíceis do que o rival e nos dois últimos jogos, o desempenho foi muito abaixo do normal.


O técnico Quique Setien, contratado para substituir Ernesto Valverde, bicampeão espanhol, não conseguiu acertar o time. Hoje, o Barcelona roda a bola na entrada da área dos adversários e tem imensa dificuldade de penetração. Lógico que Messi pode fazer diferença. No entanto, o craque argentino anda pouco inspirado e até pressionado para fazer o gol 700 da carreira. Messi desequilibra, mas anda carregando o time nas costas faz tempo. Com Valverde o time estava desequilibrado e o ambiente era complicado.


Setien chegou com muitas dúvidas se daria certo. Nunca foi campeão como treinador. Perdeu o clássico para o Real Madrid e as críticas ficaram ácidas. Entra e sai no meio campo, setor regulador do time. Rakitic sinalizava saída. Vidal fez o tipo magoado até forçar a volta ao time. Arthur de elogiado dá pintas de ser o primeiro a deixar o clube. No ataque, o principal problema. Griezmann não emplaca. Já especularam relação ruim no elenco. Dembele que abria o jogo em velocidade sofreu contusões. O treinador não encontra solução no setor e o time trava.


O Barcelona de Quique Setien não lembra o timaço de outros tempos. A única esperança é Messi. Pelo que anda mostrando em campo, ser tricampeão espanhol será um prêmio de loteria. Tudo indica, a reformulação ensaiada no elenco deve acontecer no comando técnico. Xavi Hernandez era o nome ideal, Ronald Koeman não aceitou. Pochettino foi desprezado. Vale lembrar que Messi gosta de Marcelo Gallardo, técnico do River Plate. Por incrível que pareça, Setien mesmo com Messi no time, vai precisar de sorte para permanecer no cargo até o final do contrato.