top of page
  • Foto do escritorFutebol em Rede

Argentina garante o título da FIBA AmeriCup 2022


A Argentina garantiu o título da FIBA AmeriCup 2022 ao derrotar o Brasil, neste domingo (11 de setembro), por 75 a 73 (48 a 38 no primeiro tempo), em jogo final acirrado, disputado no lotado no ginásio de Esportes Geraldo Magalhães (Geraldão), no Recife (PE). Os Estados Unidos garantiram a terceira colocação, deixando o Canadá no quarto lugar.

O selecionado argentino começou muito bem o jogo e dominou as ações no quarto inicial, assumindo logo o comando do marcador e desgarrando, o que foi importante para o resultado final deste jogo final. Esse panorama seguiu até a metade do segundo período, quando a Seleção Brasileira cresceu e ficou ligeiramente na frente – 26 a 14 (primeiro quarto) e 22 a 24 (segundo quarto).

O quadro evolutivo seguiu no terceiro quarto, com conjunto nacional ficando mais uma vez na frente. Com esse panorama, o período final foi eletrizante, já que a equipe comandada pelo técnico Gustavo De Conti seguiu em crescimento e chegou a assumir o comando do placar. Mas, a Argentina conseguiu se acertar e deixou o final foi eletrizante. A equipe visitante conseguiu novamente a dianteira do marcador no final. O Brasil teve a chance da bola final, mas não converteu o arremesso derradeiro – 19 a 22 (terceiro quarto) e 08 a 13 (quarto final).

“É difícil falar agora logo depois do jogo, mas brigamos muitos e sei que foi decidido pelo detalhe. Erramos muito no início, e sei que fizemos um bom trabalho. O importante é isso, se apoiar nos momentos ruins também. Vamos seguir com nosso trabalho e continuar trabalhando para os próximos desafios, comentou o ala/armador Vitor Benite.

Seleção Brasileira: 02. Yago Mateus (11 pontos, 05 rebotes, 09 assistências e 02 bolas recuperadas), 05. Rafael Luz, 06. Cristiano Felício (02 rebotes), 07. Didi Louzada (04 pontos), 08. Vitor Benite (18 pontos, 01 rebote e 02 assistências), 09. Marcelinho Huertas (11 pontos e 02 rebotes), 12. Rafael Mineiro (02 pontos e 06 rebotes), 14. Leonardo Meindl (06 pontos, 04 rebotes. 02 bolas recuperadas e 01 bloqueio), 19. Lucas Dias (06 pontos, 05 rebotes, 02 bolas recuperadas e 02 bloqueios), 23. Augusto Lima (04 pontos, 05 rebotes, 02 assistências e 01 bola recuperada e 01 bloqueio), 28. Lucas Mariano (03 pontos e 01 assistência) e 32. George de Paula (08 pontos, 03 rebotes, 01 assistência e 01 bola recuperada)

Comissão Técnica: Marcelo Sousa (diretor executivo), Diego Jeleilate (diretor técnico), Bruno Valentin (gerente administrativo), Gustavo De Conti (técnico), Helinho Garcia e Vitor Galvani (assistentes técnicos), Bruno Nicolaci (preparador físico), Carlos Andreoli (diretor de saúde e médico principal), Paulo Szeles e Anderson Nascimento (médicos), Denise Pereira (nutricionista), Felipe Tadiello (chefe da fisioterapia), Bruno Secco, Gabriel Peixoto, Rafael Plein e Bruno Diniz (fisioterapeutas), Paulo Henrique Pereira (massoterapeuta) e Thierry Gozzer (gerente de comunicação)

Argentina: 02. Maximo Fjellerup, 07. Facundo Campazzo (13 pontos, 04 rebotes, 05 assistências e 01 bola recuperada), 08. Nicolás Laprovittola (15 pontos, 08 rebotes, 04 assistências e 01 bola recuperada), 09. Nicolas Brussino (07 pontos e 02 rebotes), 10. Carlos Delfino (03 pontos), 11. Jose Vildoza (01 bola recuperada), 12. Marcos Delia (04 pontos, 04 rebotes, 01 assistência e 01 bola recuperada), 14. Gabriel Deck (20 pontos, 07 rebotes, 01 assistência e 01 bola recuperada), 22. Juan Vaulet (02 pontos, 03 rebotes e 01 bloqueio), 25. Tomas Chapero, 31. Leandro Bolmaro (09 pontos, 02 rebotes e 01 bloqueio) e 83. Tayavek Gallizzi (02 pontos e 01 rebote)

Comissão Técnica: Pablo Prigioni (técnico) e Gonzalo Garcia e Leonardo Martin Gutierrez (assistentes técnicos)

O Jogador Mais Valioso (MVP) da FIBA AmeriCup 2022 foi Gabriel Deck, da Argentina.



bottom of page