• Futebol em Rede

Argentina é fraca e muito perigosa

Argentina é fraca e muito perigosa como adversário do Brasil na semifinal da Copa América. Da mesma forma que a seleção brasileira, está devendo uma exibição convincente. Em contraste com o time de Tite, a vantagem é a goleada contra o Perú. Nem Messi ( Foto – divulgação ), o melhor do planeta, está jogando bem. Parece provocação, a queixa sobre a qualidade dos gramados, virou desculpa. O problema maior é que o gigante argentino poder acordar.

Acima de tudo, a rivalidade deve ser levada em consideração. São em jogos desse porte que acontecem as surpresas. Os argentinos gostam do confronto, do clima tenso e sabem muito bem explorar a pressão para seu benefício. A defesa deles é fraca, a nossa nem foi testada. Eles possuem o mesmo problema de criação que a seleção brasileira no meio campo. O jogo trava no ataque. A diferença é que eles cruzam bolas na área e os brasileiros chutam pouco.

Devido a rivalidade, tudo está equilibrado para o duelo no Mineirão. Nós temos necessidade de vitória, eles de título. Vencer o Brasil seria um desafio capaz de acordar Messi. Como resultado, Messi é capaz de resolver todos os problemas da sua seleção. Do nosso lado, não existe alguém nas mesmas condições. Assim, não há favorito. Mesmo com o Brasil jogando em casa e com uma campanha mais convincente. A Argentina, mesmo fraca, é perigosa demais.

#Argentina