• Futebol em Rede

Alívio e preocupação na Argentina

Alívio e preocupação. Provavelmente, é dessa forma que os argentinos devem estar pensando após a vitória da sua seleção diante do Catar, que classificou o time para a fase eliminatória da Copa América. Porque, o time não joga nem metade do esperado, Messi está opaco como sempre e a única alegria é que Aguero ( Foto – divulgação ) desencantou. Argentina vai pegar a Venezuela e se passar, pela lógica, o Brasil. Está difícil sonhar com o fim da interminável falta de títulos.

Para vencer o Catar, foi preciso a ajuda do adversário no primeiro gol e o segundo, só saiu quando o sufoco parecia inquestionável. Certamente, uma seleção com Messi e com vários jogadores rodados, não poderia ser tão frágil. Em contraste, com outras seleções que ainda não convenceram, a Argentina é a menos confiável. Ainda mais, pela desorganização em campo. A bola chega quadrada nos pés de Messi. No ataque, sobram nomes e faltam atitudes. Na defesa, o horror dos últimos tempos.

Como resultado, a Argentina não inspira confiança. É a seleção mais bagunçada da competição e os venezuelanos sabem que é será uma oportunidade de ouro para fazer história. A única característica do futebol argentino que se mantém, é a reclamação. Reclamam de tudo, gramado, estádio, árbitro e etc. A esperança é a inspiração de Messi voltar. Aguero desencantou após quase um ano sem marcar pela seleção. Não esqueçam, o Papa é argentino, dá que escutem as preces dele por um desempenho melhor.

#Argentina