• Futebol em Rede

Agora Domènec já sabe. Veio para um time que não está em crise

Agora Domènec já sabe. Veio para um time que não está em crise. O espanhol foi apresentado com pompa numa entrevista chapa branca permeada com algumas perguntas de jornalistas de verdade. Tudo era festa. Chegou um novo técnico para o lugar do vencedor Jorge Jesus. E além disso, é discípulo de Guardiola, um dos melhores treinadores da história, de quem foi assistente até outro dia mesmo. Aliás, já dá para falar que o Guardiola técnico é muito melhor que o Guardiola jogador, e olha que ele até que jogava bem.



Domènec, que prefere ser chamado por Dome para facilitar a comunicação e tem o sobrenome Torrent, já percebeu o tamanho do Flamengo e de sua missão. Ele chega num clube que não está em crise, muito pelo contrário, é o maior ganhador de momento no futebol brasileiro e atual campeão da Libertadores.



Normalmente quando há a troca de técnico é porque as coisas não estão funcionando. Não é o caso do Flamengo, que foi obrigado a trocar porque Jorge Jesus, que fez um excelente trabalho, foi procurado pelo Benfica que o convenceu a voltar a Portugal. Na apresentação de Jesus, no Benfica, várias vezes citou o Flamengo agradecendo ao clube carioca pela oportunidade de trabalhar aqui e pela força que lhe deram na Gávea. Foi gratidão, foi justo, mas também foi obrigação. Poucas vezes, ou nenhuma, na sua carreira recebeu tanta qualidade junta para fazer um time.



Eu particularmente não conheço o trabalho do Dome. O seu guia é Guardiola e por isso se tornou tão cobiçado pelo Flamengo, mas como técnico a sua vivência inexiste. Tomara tenha aprendido muito com o maestro espanhol e consiga colocar a teoria em prática. Chegou com boas palavras. Disse que não pode jogar fora o grande trabalho de Jesus e que aos poucos vai impor suas ideias conforme o necessário. Foi sensato. Seria uma grande bobagem mudar o que vem dando certo até agora.



Acredito ainda que por um bom tempo veremos o Flamengo que Jorge Jesus deixou. Depois, sim, Dome vai tomando pé da situação e pode mudar alguma coisa. Precisa conhecer de perto o elenco e a estrutura do Flamengo. Terá jogos praticamente todos os dias em várias competições simultâneas e terá que usar todo o bom elenco rubro-negro. É aí que poderá mostrar o seu trabalho. Se for apressado nas mudanças pode complicar-se.



Por isso, apesar da mudança de treinador e no futuro até podendo alterar um pouco a maneira de jogar, acredito que o Flamengo continua sendo favorito em todas as competições que vier a participar nessa temporada. O seu elenco é muito forte. Se vai ganhar ou não só o tempo dirá. É o que penso.